A Dieta Da Beleza

Criado por Narrador
a dieta da beleza

Era uma vez, num país oriental, duas lindíssimas irmãs. A primeira casou com um sultão e a segunda com um comerciante.
Com o passar dos anos, a mulher do sultão começou a ficar cada vez mais magra, enrugada e triste. A irmã, casada com o comerciante, pelo contrário, parecia que se tornava cada dia mais bonita.
O sultão chamou o comerciante c perguntou-lhe:
— Como é que fazes para a tua esposa conservar a sua beleza?
— É simples. Alimento a minha mulher com a língua.
O sultão deu então ordens para prepararem quilos de língua de carneiro, de vaca, de camelo para a dieta da sua mulher. Apesar disso, ela estava a ficar cada vez mais pálida e triste.
Furioso, o sultão ordenou que as esposas fosses trocadas: ele ficaria com a do comerciante, e este com
a do sultão.
Aconteceu, porém, que no palácio a que fora mulher
do comerciante depressa murchou, enquanto a irmã em pouco tempo se tornou bonita.
O sultão soube depois que todas as tardes o comerciante e sua mulher falavam, contavam histórias um ao outro e cantavam juntos.

Pertence à nossa condição humana a necessidade de nos sentirmos amados- A manifestação deste amor passa pelo tempo que gastamos com a pessoa amada, conversando, sorrindo, cantando. Quem se sente amado, irradia beleza.

Comentários