A Lamentação

Criado por Narrador
A lamentação

Era uma vez um jovem que linha o costume de se lamentar. Dizia que Deus tinha dado aos seus vizinhos tantas riquezas e a ele nada tinha dado.

A sua lamentação chegou a um sábio que lhe perguntou:
— Tens mesmo a certeza de que és assim tão pobre como dizes? Será que Deus não te deu a força e a saúde?
O jovem, enchendo o peito de ar, exclamou:
— Isso deu. Sinto orgulho da minha juventude. Mas não me deu riquezas.
Pegando-lhe na mão direita, o sábio prosseguiu:
— Estarias disposto a deixar cortar a tua mão por dez mil euros?
— Nunca. Só se fosse maluco.
— E estarias disposto a deixar cortar a esquerda pelo mesmo dinheiro?
— Nem pensar.
– E aceitarias vender os teus olhos por um milhãode euros?
— Jamais. Não daria os meus olhos nem em troca da maior fortuna.
O sábio concluiu:
— Então por que é que te lamentas? Afinal Deus deu-te presentes mais valiosos que a maior fortuna.

O maior dom que possuímos é a vida. E como e maravilhoso o corpo humano, tão perfeito em todos os seus membros e órgãos vários! Este dom traz consigo o empenho em tratar do corpo com muita dignidade.
Mente sã em corpo são.

Comentários