A vírgula

Criado por Narrador
16457018_anZR1

Era uma vez uma vírgula aborrecida com a pouca consideração em que toda a gente a tinha. Nem sequer as crianças das escolas lhe davam importância.

Não gostava nada de ser apenas um pequeno sinal que se põe na escrita mas não se lê.

Um dia, cansada desta falta de apreço, a vírgula decidiu revoltar-se. E fê-lo da seguinte maneira:

O Presidente de uma grande nação escrevera nesses dias uma mensagem a um outro Presidente de uma grande potência bélica, mandando a seguinte mensagem: «Paz não, vamos lançar os mísseis».

A vírgula, para mostrar que tinha importância, antes da mensagem chegar ao destinatário, mudou de sítio. E então a mensagem ficou assim: «Paz, não vamos lançar os mísseis».

Dando um pequeno salto, recuou uma palavra mudando de um sitio para outro. A mudança modificou por completo o sentido da mensagem.

O Presidente adversário, ao ler a mensagem, percebeu que era o momento de fazer a paz. E assim, por causa de uma vírgula, a paz foi possível.

Toda a pessoa é igual em dignidade e vale todo o ouro do mundo. Mesmo as pessoas que se assemelham às vírgulas. E toda a pessoa, com a sua acção, pode realizar maravilhas, como a pequena vírgula mudou a guerra em paz.

Comentários

palavras com blá blé bli blo blu,mensagem de aniversario para afilhada de crisma,mensagem de agradecimento pelo convite de madrinha de batismo