As ferramentas

Criado por Narrador
a-alegoria-das-ferramentas

Numa carpintaria, realizou-se a reunião das ferramentas.

O martelo queria ser o chefe de todas elas, mas os participantes disseram-lhe que não, pois fazia demasiado barulho e passava todo o tempo a bater.

O martelo aceitou, mas exigiu que não fosse o parafuso, pois ele dava muitas voltas para conseguir algo.

O parafuso concordou, mas por sua vez pediu que o chefe não fosse a lixa, pois era muito áspera no tratamento com os outros.

A lixa acatou a decisão, com a condição de que não fosse o metro, pois sempre media os outros segundo a sua medida, como se fosse o único perfeito.

Nesse momento entrou o carpinteiro e iniciou o trabalho. Utilizou o martelo, o parafuso, a lixa e o metro. Finalmente, a rústica madeira converteu-se numa fina peça de mobília.

Quando a carpintaria ficou novamente só, as ferramentas recomeçaram a discussão. Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:

— Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro trabalha com as nossas qualidades.

As ferramentas perceberam então que o martelo era forte, o parafuso unia, a lixa era boa para limar arestas e o metro era todo ele exactidão. Sentiram pela primeira vez a alegria de trabalhar juntos.

Cada um de nós recebeu qualidades diferentes, que pode e deve desenvolver ao longo da vida. Sozinhos nada conseguimos fazer de belo. Porém, juntos, podemos dar cada qual o seu melhor e fazer maravilhas.

Comentários