As Formigas

Criado por Narrador
as formigas

Uma dia, as formigas inventaram um vegetal especial para decorar o interior do seu formigueiro. Assim não precisavam de vir cá fora à procura de vegetais naturais.
Com o número de formigas constantemente a crescer, foi preciso ampliar o formigueiro. Tornou-se no Grande Formigueiro sob a direcção da Grande
Formiga. As saídas para o exterior foram fechadas a cimento.
Sucederam-se as gerações de formigas e nunca nenhuma delas se atreveu a sair desse espaço. Era para elas o Universo.
Um dia, uma formiga extraviou-se pelas galerias do formigueiro e deu com um orifício de onde vinha luz. Com o coração palpitante, sai à superfície da terra. Vê a manhã a nascer. Vê um jardim cheio de belas rosas.
Fica fascinada com a descoberta. Lança-se sobre as plantas e começa a cortar e a comer. Quando caiu a noite, regressou ao formigueiro e deu a notícia às suas companheiras, exclamando: «Lá fora há luz, jardim, flores…»
As outras não compreenderam essa linguagem e, julgando que a formiga tinha enlouquecido, mataram-na.

Toda a pessoa, porque (em vocação de águia, não se pode contentar em passar a vida metida num buraco a contemplar os mesmos horizontes. Terá de descobrir sempre coisas mais surpreendentes, mais belas. Coisas transcendentes.

Comentários

historia infatil da formigs