Contos Infantis




quiterio Quitério Atrevido

O rapaz era esperto e atrevido. Quando, lá na aldeia, souberam que o rei vinha caçar àquela região, o rapaz decidiu: – Eu hei-de falar ao rei ou não me chame Quitério. E pôs-se a esperar pelo cortejo real, à beira da estrada. Mas o rei, que não era de pompas, apareceu a cavalo, sem escolta, vestido como qualquer um. Vendo o rapaz, que

Ver mais…


comadre morte Comadre Morte

Havia um homem que tinha tantos filhos, tantos que não havia ninguém na freguesia que não fosse compadre dele e vai a mulher teve mais um filho. Que havia do homem fazer? Foi por esses caminhos fora a ver se encontrava alguém que convidasse para compadre. Encontrou um pobrezito e perguntou-lhe se queria ser compadre dele. – Quero; mas tu sabes quem eu sou?

Ver mais…


Simpleton_finds_The_Golden_Goose_-_Project_Gutenberg_eText_15661 A Gansa dos Ovos de Ouro

Um fazendeiro e a mulher tinham uma gansa que todos os dias punha um ovo de ouro maciço. E todas as noites a guardavam em segurança dentro de um cercado ao canto da cozinha, com uma tigela cheia de bom milho e outra de água limpa. E todas as manhãs encontravam mais um ovo amarelo e reluzente na sua cama de palha fofa. Certo

Ver mais…


poco O poço

Um homem caiu dentro de um poço, do qual não conseguia sair. Uma pessoa de bom coração passou ao lado e disse: «Lamento muito o que aconteceu. Partilho a tua dor». Passou uma mulher piedosa, que regressava da igreja e disse: «Deves ter feito algum pecado. Só os maus caem dentro dos poços». Passou um humorista e começou a fazer troça dizendo: «Oferece um

Ver mais…


lamb O Cordeirinho Branco

No bosque da nossa história correu, em certa altura, a notícia de que o Cordeirinho Branco ia dar uma festa a todos os seus amigos, os animaizinhos do lugar. -Só falta o Rato -disse o senhor Pato, quando iam em grupo para a casa do Cordeirinho Branco. -Quem é que perguntou por mim? -interrogou o senhor Rato, aparecendo. -Foi o senhor Pato -disse o

Ver mais…


burro O Burro do Azeiteiro

Dois estudantes encontraram numa estrada um azeiteiro que levava pela rédea um burro carregado de bilhas de azeite. E repararam que o azeiteiro batia, sem dó nem piedade, com o chicote no pobre burro. Este, provavelmente porque já vinha de muito longe, ia cansado, subindo a encosta a custo e ao ritmo das chicotadas do dono. – Deve ser já muito velho, ou então,

Ver mais…


cao-com-um-osso-animais-caes-pintado-por-laila-1018985 O Cão e o Osso

Uma vez um cão roubou um osso a um carniceiro. Depois fugiu pela rua abaixo a toda a velocidade, atravessou a aldeia e as colinas, e foi ter a uma ponte de madeira sobre um regato. Parou em cima dela, ofegante, para olhar a água limpa e mansa. E deu um pulo de espanto. A olhar para ele, debaixo da água, estava outro cão.

Ver mais…


cat-wallpapers-Desktop-HD-photo-images-10 O Gatinho curioso

Em primeiro lugar, quero contar-vos como era o nosso animalzito. Tinha, nessa altura, nove semanas, e um pêlo macio avermelhado. No peito, tinha uma mancha branca, que lhe enfeitava o pêlo. As patitas. também brancas, eram engraçadas. Parecia que tinha umas botas elegantes. O nosso gatinho estava sempre disposto a pregar partidas. Estava sempre a ter ideias novas, e era incrivelmente curioso. Carta manha,

Ver mais…


borboleta_color2 Manchita, a borboleta

Vou-vos falar de uma borboleta muito especial que se chamava Manchita. Ela era especial porque era diferente de todas as suas amigas borboletas! Certo dia, no país dos insetos, as borboletas pintoras estavam muito atarefadas a fazer as pinturas das asas daquelas que ainda iam nascer! Estavam tão atarefadas que nem deram pela chegada da Distraída, uma borboleta que se chamava assim porque se

Ver mais…


mel As Senhoras de Mantinha de Seda

Havia uma viúva que tinha um filho muito aparvalhado. Um dia diz-lhe a mãe: – Vai à cidade, leva esta barranha de mel, vende-a e traz-me o dinheiro. O rapaz agarrou na barranha de mel e dirigiu-se à cidade. Pelo caminho viu-se perseguido por muitas coisas e falando nervosamente, para elas, dizia-lhes: – Se as senhoras querem comprar mel fazemos negócio, mas não me

Ver mais…