Contos Infantis




mel As Senhoras de Mantinha de Seda

Havia uma viúva que tinha um filho muito aparvalhado. Um dia diz-lhe a mãe: – Vai à cidade, leva esta barranha de mel, vende-a e traz-me o dinheiro. O rapaz agarrou na barranha de mel e dirigiu-se à cidade. Pelo caminho viu-se perseguido por muitas coisas e falando nervosamente, para elas, dizia-lhes: – Se as senhoras querem comprar mel fazemos negócio, mas não me

Ver mais…


Alice no país das maravilhas (3) Alice no País das Maravilhas

Alice era uma menina com muita imaginação. Uma manhã em que estava a estudar no campo com a professora…adormeceu! Ela tinha o hábito de fechar os olhos…assim podia deixar vaguear a imaginação, liberta do controle dos mais velhos. E deixou-se levar…! Acordou ao som de uma vozita! E viu um coelho muito estranho a correr. – Espera-me, senhor Coelho! – Gritou muito animada. E

Ver mais…


pequena sereia A Pequena Sereia

Muito longe da terra, onde o mar é muito azul, vivia o povo do mar. O rei desse povo tinha seis filhas, todas muito bonitas, e donas das vozes mais belas de todo o mar, porém a mais moça se destacava, com sua pele fina e delicada como uma pétala de rosa e os olhos azuis como o mar. Como as irmãs, não tinha

Ver mais…


Mapa do tesouro O Mapa

Um explorador, ao regressar de uma grande viagem ao Amazonas, quis contar aos seus amigos tudo o que vira. Mas não encontrava palavras para se expressar, não conseguia dizer toda a sua grande emoção quando contemplou aquelas imensas florestas, as flores de uma beleza sem igual, os sons nocturnos da floresta. Não conseguia expressar o que sentiu quando se deu conta do perigo das

Ver mais…


BONECA A Boneca

Rosa, passados cinco anos de casada, ficou viúva. O marido deixou-lhe apenas uma filha e uma grande saudade. Começou por trabalhar em tudo o que podia para poder sustentar a sua pequenina de 4 anos de idade. A menina tinha apenas uma pobre boneca de trapos. A mãe disse-lhe que, no Natal, o Menino Jesus lhe iria trazer uma boneca muito grande que falava

Ver mais…


comer-bem A Preguiçosa

Era uma vez uma rapariga muito preguiçosa que foi pedida em casamento. O pai da rapariga disse ao pretendente que sua filha não lhe serviria por ser muito desleixada e preguiçosa. – Deixe-a comigo, respondeu o mancebo, sem desanimar. E ao fim de pouco tempo casaram e foram viver para outra aldeia. Logo no dia seguinte ao casamento o marido foi trabalhar para o

Ver mais…


lion A ambição

Era uma vez, um proprietário de terras muito ambicioso. Queria ser cada vez mais rico. Uma noite, apareceu-lhe uma personagem misteriosa que lhe disse: — Vou satisfazer o teu desejo de possuir cada vez mais propriedades. São teus os territórios que conseguires percorrer na caminhada ao longo de um dia. Mas com uma condição: tens de estar de volta e no ponto de partida

Ver mais…


esponja A Esponja

No tempo em que até as coisas mais simples falavam, uma esponja e um seixo duro encontraram-se precisamente dentro de um balde de água. A esponja, porque é esponja, começou a beber, a beber cada vez mais água até ficar toda ensopada e cheia de água. Estava mesmo satisfeita. O seixo, que alguém colocara no fundo do balde, não se sabe bem porquê, mantinha-se

Ver mais…


CI-Ryan-Snook_Baseball-through-window_s4x3_lg O vidro partido

“Vamos brincar lá para baixo, para o pátio”, disse a Heidi à sua amiguinha Ivone. “Há lá espaço suficiente para podermos atirar com a bola para longe, e correr atrás dela”. A Ivone estava de acordo; por isso lá foram ambas pela escada abaixo, de mão dada. Era realmente um belo campo de jogos. A relva tinha sido cortada rente, e não havia pedras

Ver mais…


coruja Joquinha e a Coruja Felizberta

No jardim da casa do menino Joquinha viviam borboletas,passarinhos,grilos,formigas, todos muito felizes! Ah!! E também, a coruja Felizberta!! Estava muito velhinha e já não brincava, mas nunca deixou de cantar. Ela morava na linda macieira do jardim. Que sorte ele tinha por viver rodeado de alegrias. Da janela do seu quarto avistou um chapéu azul com grandes abas a voar, e pensou: “A Gegoca

Ver mais…