Inês e os Amigos – Um dia no Jardim Zoológico!

Criado por tdomf_86bf3
zoo

Estava uma tarde solarenta, a Inês e os seus amiguinhos brincavam no recreio da escola.

A professora Helena chamou-os até sala de aula, tinha uma bela notícia para lhes dizer.

– Meninos tenho uma surpresa para vos contar…! Querem saber o que é? – Perguntou a professora Helena.
Os meninos ficaram todos curiosos:
– Qual é professora? – perguntou a Inês.
– Sim, professora queremos saber – Disse o Tiago.
Todos os meninos não paravam de fazer perguntas.
– Vamos ao circo? Perguntou a Lara curiosa.
– Tenham calma. – Respondeu a professora a rir.
– Amanhã vamos ao Jardim Zoológico!
As crianças ficaram tão contentes que batiam palminhas, estavam desejosos de ir na carrinha do Sr. João para irem até ao zoo.
A Inês e os seus amiguinhos ficaram entusiasmados com a novidade dada.
Então a professora Helena resolveu dar uma aula sobre os bichos que se encontravam no zoo.

– O que será que podemos lá ver? – Perguntou a professora Helena a todos.
– Um elefante – Disse o Bruno.
– E eu sei fazer de elefante….uuuu… fez o Bruno.
Todos se riram, também quiseram imitar um animal.
– Um leão – Uauuuuu – rugiu o Tiago.
– Eu quero ver a tartaruga, mas não sei que som ela emite, ela é silenciosa – disse a Lara muito surpreendida pois afinal não sabia que som fazia a tartaruga.
– Pois é… no jardim zoológico iremos fazer muitas descobertas, vamos ouvir o som de alguns bichinhos que lá vivem e aprender o que comem e qual o seu habitat natural.– referiu a professora Helena.
– Eu quero ver girafas. – Afirmou a Inês.
A professora gostou de ver o entusiasmo dos seus alunos.
O dia hoje passou rápido na escolinha com tanta curiosidade e brincadeira.

Chegou a hora da mãe da Inês a ir buscar, tal como os outros papás que iam buscar os seus amiguinhos.
Estavam ansiosos de contar onde iam amanhã e falavam muito depressa.
– Mamã, mamã… – Inês chamava a mãe.
– Sim pipoca, calma, fala devagarinho para eu perceber. – disse a mãe da Inês.
Também o Tiago não parava de falar:
– Papá, tenho uma coisa para te contar.
– Amanhã vamos passear e ver animais grandes como os que há na selva – disse a Inês.
– E também animais mais pequeninos – disse a Lara que foi a correr a contar à mãe.
– Amanhã têm que se portar bem e não se esqueçam têm que ir para caminha cedo para acordarem bem dispostos. – Avisou a professora aos pequenotes.

Quando a Inês chegou a casa deu um abracinho ao pai e disse que tinha um segredo para lhe contar.
– Papá amanhã vou com os meus amigos ver muitos bichos, a professora Helena vai levar-nos ao Jardim Zoológico.
– Uau … que bom!!! Então é melhor ires descansar para amanhã estares fresquinha.

Os meninos naquela noite deitaram-se cedo, lavaram os dentinhos, vestiram o pijama e … caminha!!!!

Chegou o dia porque tanto ansiavam!

– Bom dia! Temos que ir embora para a escola – disse o Tiago que foi logo acordar os pais.

As crianças chegaram à escola com as mochilas e lá dentro levavam o lanche.

– Bom dia! – Disse a professora Helena a todos.
– Até logo! – disse o papá à Inês que a tinha ido levar à escola.
– Adeus, adeus papá, beijinhos. – Respondeu apressadamente a Inês.
Entraram todos na carrinha para o passeio.
A professora contou os meninos que estavam todos sentados:
– 1, 2, 3, 4, 5, …..estão cá todos. Agora vamos lá cantar uma música até chegarmos ao nosso destino.
E lá foram a cantarolar.

Finalmente chegaram ao Jardim Zoológico!
A Inês e os seus amiguinhos estavam extasiados com esta visita.
– O que querem ver primeiro? – Questionou a professora aos alunos.
– Podemos ir ver o elefante? – Interrogou o Tiago – Quero dar-lhe uma moedinha para ele tocar o sino.
– Sim, vamos ver como o elefante faz com a trompa.
A miudagem estava radiante com a destreza do elefante quando lhe davam a moeda e com a trompa toca o sino.
A professora Helena dava sempre uma explicação sobre cada animal que viam.
– Os elefantes são mamíferos de grande porte pesam mais ou menos 12 toneladas. – Referiu a professora Helena.
– Uau, são muito pesados mas têm uns olhos muito meiguinhos – disse a Lara.

Chegaram à gruta dos leões e dos tigres.
– Que boca tão grande tem o leão! – Exclamou a Inês
– Têm dentes grandes e afiados – comentou o Bruno.
– Os leões e os tigres são da família dos felinos. – Disse a professora.
– Dos felinos? Mas os felinos são gatos e estes são muito grandes. – Questionou a Lara admirada.
– Sim – riu-se a professora.
– São felinos grandes e selvagens. O leão é o maior felino vivo e a seguir é o tigre.
Os leões vivem cerca de 10 a 14 anos na natureza mas geralmente no zoo vivem mais tempo, 20 anos. – Explicou a professora Helena.
– O leão é o rei dos animais –Referiu o Tiago.
– É verdade! – Confirmou a professora Helena.

– Vamos agora fazer todos silêncio, vamos ver as cobras e o crocodilo. – Pediu a professora Helena.
– Mas elas não elas não fazem mal? – Perguntou a Lara
– Elas estão em caixas de vidro e não gostam de barulho, não se pode tocar nos vidros para não se assustarem. – Respondeu a professora Helena.
– São serpentes – disse o Bruno.
– É verdade Bruno. E costumam pôr ovos. Disse a professora Helena.
– Elas são feias! – Retorquiu a Inês.
Os amiguinhos riram-se do seu comentário.
Pararam junto ao lago onde se encontrava um crocodilo a apenas a espreitar com os seus olhos para a Inês e os seus amigos.
– As cobras e os crocodilos são répteis. Os crocodilos geralmente vivem nas margens dos rios e gostam de apanhar sol. – Comentou a professora Helena.
– Também gostam de estar na praia a apanhar sol? – Perguntou a Inês.
– Eles gostam de estar quietos nos rios e de preferência a apanhar umas banhocas. – Disse a professora.
– O que comem os crocodilos? – Perguntou a Lara.
– Eu sei! Comem insectos e rãs. – Disse o Tiago.
– Olhem, ali ao lado está uma tartaruga-gigante! – Exclamou o Bruno.
– São tão pesadas. – Expressou a Lara.
– Pesam cerca de 300Kg e têm 1.3m de comprimento – Explicou a professora Helena.
– Eu tenho uma pequenina no meu aquário e consigo pô-la na minha mão, mas esta não consigo pegá-la. – Comentou a Inês.
– Estas tartarugas-gigantes só existem praticamente na Ásia. – Acrescentou a professora Helena.

Foram ver a gaiola grande das aves.
Viram papagaios, periquitos e outros pássaros coloridos.
Até observaram flamingos e pavões.
– Os pavões têm penas tão bonitas. – Disse o Tiago surpreendido ao olhar atenciosamente para um pavão com as assas abertas.
– São da família das aves e gostam de comer insectos, mas também comem sementes, folhas e pétalas. – Referiu a professora.

E prosseguiram caminho.
Chegaram ao pé das girafas.
– Tiago, Lara vejam são tão altas e simpáticas – Inês estava maravilhada a olhar atentamente para as graciosas girafas.
– Vou perguntar à minha mãe se posso ter uma. – Disse a Lara à Inês.
– Achas que podemos ter? – Perguntou a Inês duvidosa com vontade também de querer uma.
– Acham por acaso? E onde é que elas depois vivem? Não cabem em casa. – Riu-se o Tiago.
– Pois…. – Responderam as duas amigas que ficaram a pensar. Afinal as girafas são enormes.
– Sabem…, as girafas são mamíferos e costumam ter cerca de 5 a 6 metros de altura. São os animais mais altos à face da terra e gostam de comer ervas.– Esclareceu a professora.
– São mesmo lindas. – Disse a Inês admirada a olhar para uma.

A professora pediu aos seus alunos que se sentassem nos banquinhos que havia no parque das merendas no zoo, já estava na hora do lanche.

O passeio continuou… e pararam à frente da aldeia dos macacos.
– São tão giros e engraçados. – Comentou o Bruno.
– Sim, até sabem rir. – Disse o Tiago.
– Podemos dar-lhes amendoins? – Perguntou a Inês à professora.
– Sim, podem. – Respondeu a professora.
– Os macacos vivem nas árvores e alimentam-se de folhas, frutos e sementes. – Disse o Tiago. – A minha mãe ensinou-me muitas coisas sobre os animais que vivem no jardim zoológico.
Os macacos até se meteram com os alunos e fartaram-se de rir, gostaram da brincadeira com os primatas.
– Sabem, os animais que aqui vivem o seu habitat natural deles é na selva, em lagos, rios.
O Jardim Zoológico é um espaço onde vivem animais de várias espécies. – Elucidou a professora.
– Aqui existem pessoas que tratam dos animais. Eu quando for grande quer ser veterinária. – Disse a Inês.
– Nós gostamos muito de vir ao Zoo. – Disseram as crianças em uníssono.

Ainda tiveram tempo para ir ver as zebras.
– Professora parecem cavalos – comentou a Lara.
– São zebras e têm riscas brancas e pretas. Vivem na savana africana – Esclareceu a professora Helena.
– São da família dos cavalos – Acabou por dizer o Tiago.
– Muito bem Tiaguinho, a lição está bem estudada – Riu-se a professora.
– E aqui estão os dromedários e os llamas. – Disse a professora.
– São camelos – Respondeu a Lara apressadamente.
– São parecidos mas não são iguais. – Informou o Bruno aos seus amigos.
– Os dromedários também são mamíferos e têm apenas uma bossa enquanto que os camelos têm 2 bossas como podem ver. – Disse a professora Helena.
– Vivem no deserto e aguentam o calor e o frio.– Disse o Bruno.
– Conseguem estar 10 dias seguidos sem beberem água, mas quando bebem ingerem cerca de 106 e os 170 litros conforme o seu tamanho. – Disse a professora.
– Eu não conseguia estar sem beber água. – Disse a Lara.
– Claro que não, os humanos têm que beber água com frequência para não desidratarem.
– Hoje estamos todos a aprender muitas coisas novas. – disse a professora Helena.
– Eu gosto de aprender coisas sobre animais – Disse a Inês.

O dia estava quase a chegar ao fim.

Antes de irem embora foram ver o espectáculo dos golfinhos e das focas.
– Os golfinhos vivem em ambientes aquáticos, são excelentes nadadores saltam até 5 metros acima da água e nadam muito rápido. – Explicou o tratador às crianças.
– São os meus heróis – Gritou alto o Tiago.
– Comem peixes e lulas. – Disse o tratador.
– Eu também gosto de comer peixinho – Disse a Lara.
– São fofinhos – Disse a Inês.
– Queria dar uma festinha neles. – Disse a Lara.
– São muito sociáveis. – Proferiu a professora.
– Meninos, afinal vamos ter uma surpresa… – Disse a professora Helena.
As focas começaram a andar em direcção às crianças e houve quem recebesse um beijinho molhadinho.
Estavam todos extasiados tiveram a sorte de poder brincar com os golfinhos deram-lhes a peixe para comerem.
– As focas vivem no Pólo Norte e têm um pêlo macio – Disse a Inês.
– A minha tia Bela tem uma foca, é de peluche e branquinha – Disse a Lara.
– Estou a adorar estar aqui. – Disse a Inês satisfeita.
– Isto é muito divertido – Disse o Tiago.

O espectáculo das focas e dos golfinhos acabou com muita pena da Inês e dos seus amigos que estavam radiantes.

– Agora digam adeus e obrigado, está na hora da partida. – Falou a professora.
– Oh que pena, eu queria ficar mais um bocadinho – Disse a Inês.
– Eu também. – Falou logo de seguida a Lara.
– Não podemos ficar mais tempo? – Perguntou o Tiago.
– Não, o zoo vai fechar. Havemos de cá vir novamente visitar os nossos novos amigos.
– Adeus!!! – Despediram-se todos ao mesmo tempo e em harmonia.

Entraram na carrinha do Sr. João e estavam tão cansados que quase adormeceram.

A Inês, a Lara e o Tiago quando chegaram a casa queriam tanto contar o que tinham visto, mas assim que se sentaram na caminha o cansaço venceu-os.
Tinham tempo para contar tudo aos seus pais no dia seguinte…. tinha sido um dia em grande!

Comentários

animais com lh,textos infantis- historias,contos zoo,animais com nh,contos de zoo,texto infantil um dia no zoologico,historias de zoo,Historias de zologico p crianças,historia infantis com zoológico,história infantil zoológico