O Bolo

Criado por Narrador
dilenia-bolo-assado-no-prato

Um cristão e um ateu encontraram-se à mesma mesa do restaurante. A conversa passou da meteorologia para o futebol, e parou na religião.
O ateu afirmava categoricamente:
— Eu não acredito em coisas que não entendo. Vós, os cristãos, respondeis frequentemente às nossas per- guntas acerca de Deus e da religião, dizendo que e um mistério, que não se pode compreender. Eu só aceito o que compreendo, o que entendo.
O cristão disse-lhe:
— Temos ovos fritos no prato. O senhor sabe fritar ovos?
— Já vi a minha mulher a fritar ovos e a fazer muitas outras coisas. Ela é uma boa cozinheira. Mas eu não
entendo nada de culinária. Era o que faltava! E também não entendo como é que o ovo, ao sair da casca tão líquido, em poucos instantes se torna sólido.
O cristão continuou:
— Estou a ver que não compreende nem entende de cozinha. Então se não entende de cozinha, como quer entender de religião?

Com iodo o respeito pelos agnósticos, que só acreditam naquilo que cabe nas suas mentes humanas, é bom recordar que o Deus de Jesus não é uma descoberta dos filósofos mas o mistério de Alguém que decidiu vir ao nosso encontro.

Comentários