O Cão Fiel

Criado por Narrador
o cão fiel

Um cavaleiro regressava apressado a casa, ansioso por se encontrar com a sua família. Boby, o seu velho e fiel cão, corria atrás do cavalo, acompanhando o dono.
De repente, começou a latir. Era um latido insistente, enervante, desesperado. O cavaleiro mandou que se calasse mas ele continuava. E resistia a continuar viagem.
O dono interrogou-se: «Que lhe terá acontecido?
Como já é velho, terá ficado doente ou maluco?»
E tomou uma decisão que muito lhe custou: pegar na
pistola e matá-lo mesmo ali.
Matou o Boby e continuou a viagem.
Chegado a casa, ao tirar a bagagem, notou a falta da carteira com o dinheiro e os documentos. Terá caído ao chão durante a viagem? Pensou então que o melhor era refazer o caminho até a encontrar.
Ao cair da tarde, passou pelo lugar onde tinha morto o seu cão. Observou com atenção e viu que ele tinha
ao lado a sua carteira.
Os latidos tinham sido para chamar a atenção do dono, indicando que a carteira lhe tinha caído ao chão.

A fidelidade do cão ao seu dono faz-nos pensar. Também nos faz pensar, por exemplo, a laboriosidade das abelhas na produção do mel, a perfeição dos sentidos de certos insectos. Cada vez admiramos mais os animais.

Comentários

contos o cao fiel,o cao fiel