O estudo

Criado por Narrador
estudando-menino_ler

Um velho chinês, rico mas analfabeto, tinha às suas ordens um músico cego. Disse ao seu empregado:

— Já tenho setenta e três anos e continuo analfabeto. Poderia começar a estudar mas já é demasiado tarde.

O músico sugeriu-lhe:

— Por que não acende uma vela?

Sem perceber o que o empregado músico queria dizer, o velho chinês, aborrecido, respondeu:

— Como é que te atreves a fazer troça de mim?

O músico explicou:

Sempre ouvi dizer que. se uma pessoa se dedica ao estudo na sua juventude, o seu futuro é brilhante como o sol do meio-dia. Se se dedica ao estudo na meia idade, e como o sol da tarde. Se começa a estudar na velhice, é como a chama de uma vela. Embora a vela não seja muito brilhante, é sempre melhor do que andar às apalpadelas na escuridão.

Consta que o velho senhor aprendeu a lição do músico e começou a pegar nos livros e a estudar. Apesar da sua idade, ainda adquiriu muitos conhecimentos acerca da vida e do mundo.

Quem é ignorante anda como que na escuridão. Por isso, buscamos sempre mais luz na aprendizagem de coisas novas que nos mostrem a realidade. Mais luz que nos ilumine acerca da vida do homem e do mundo que habita.

Comentários