O Futuro

Criado por Narrador
o futuro

Um idoso, já reformado, trabalhava com entusiasmo no bosque. Plantava macieiras, pereiras, laran jeiras e outras árvores de fruto. Fazia canais de rega e arrancava ervas.
Passou por ali um intelectual, também já reformado, que andava triste por não ler nada para fazer. Parou e disse ao idoso:
— Por que é que o senhor não aproveita os seus anos de reforma para descansar?
O idoso respondeu:
— Já experimentai estar sem fazer nada mas não me sentia nada bem. Acho que o estar ocioso faz mesmo
muito mal ao corpo e ao espírito.
O intelectual respondeu:
— Então trabalha. Mas então faz outra coisa que seja mais útil para ti. Por que é que andas a plantar árvores? Não irás certamente ter tempo para saborear os frutos dessas árvores que estás a plantar.
O idoso respondeu:
— A fruta que eu como é de árvores plantadas pelos meus antepassados.

Costuma dizer-se que toda a pessoa devia plantar pelo menos uma árvore. E uma forma de deixar algo de bom para os vindouros, pois ela, mesmo que não seja de fruto, é sempre uma fonte de riqueza. Já plantaste alguma árvore?

Comentários