O mundo das meias perdidas

Criado por tdomf_86bf3
meias

João era um menino um pouco descuidado com as suas coisas. A sua mãe passava a vida a chamar-lhe a atenção, para ele ser mais arrumado… Um pouquinho mais.
Certo dia, João, quando se estava a vestir para ir para a escola, reparou que lhe faltava uma meia do par que estava prestes a calçar. – Mas onde é que se meteu a meia? – pensou.
Sem ligar muito ao assunto seguiu viagem para a escola.
No dia seguinte voltou a não encontrar o par da meia que já tinha calçado, e seguiram-se vários dias assim, até que o João decidiu fazer alguma coisa. Não sabia para onde as meias iam, mas planeava descobrir.
Numa noite, a sua mãe foi-lhe dar um beijinho de boas noites como sempre fazia. Apagou a luz e João decidiu fingir que estava a dormir. Passado algum tempo, João começou a ouvir sussurros debaixo dos lençóis, devagarinho tenta espreitar e reparou que as meias que tinha calçado para dormir já não estavam nos seus pés, mas sim muito bem ao fundo da cama, e como se não bastasse, falavam uma com a outra, vejam só.
João muito devagarinho chamou por elas.
– Hey, hey, vocês falam?
As meias não estavam à espera que o João descobrisse o segredo que há tanto tempo guardavam, mas decidiram contar a verdade.
– Sim, falamos. Chegou a altura de saberes o nosso segredo. Todas as noites, uma meia de um par consegue fugir para o mundo das meias perdidas através de um pó mágico. Como só há pó mágico para uma só meia, a outra acaba por ficar cá.
-Mas porque fogem? Não gostam de mim? – perguntou João um pouco triste.
– Gostamos. Mas tu não tomas conta de nós, deixas-nos sempre espalhadas pelo quarto ou pelos lençóis. Só queremos ser bem tratadas.
Dali em diante, João nunca mais perdeu uma única meia, mantinha-nas sempre arrumadas, juntamente com o seu quarto. A sua mãe não podia estar mais feliz. E as suas meias, as suas lindas e preciosas meias mantinham-se sempre aos pares.

Comentários

o mundo das meias perdidas