O punho fechado

Criado por Narrador
mae_filho_beijo

Era uma vez um menino que, na escola, tinha sempre fechado o punho da mão esquerda.

Quando era interrogado pela professora, levantava-se e respondia mantendo o punho fechado. Escrevia com a mão direita, mas mantinha a mão esquerda sempre fechada.

Um dia, a professora, também para responder aos seus alunos, perguntou-lhe:

— Diz-me por que é que tens o punho da mão esquerda sempre fechado?

O menino não queria responder. A professora insistia:

— Ainda não entendi o significado desse teu gesto. Não queres explicar-me?

Perante as insistências da professora, e sobretudo para satisfazer a curiosidade dos companheiros, decidiu revelar o segredo:

— Quando cada manhã parto de casa para a escola, a minha mãe dá-me um grande beijo na palma da mão esquerda e depois, fechando-me a mão, diz-me a sorrir: «Meu filho, guarda sempre bem fechado na tua mão o beijo da tua mãe». Por isso é que tenho sempre o punho fechado: está lá dentro o beijo da minha mãe.

O amor de mãe é, certamente, a realidade mais bela que existe no mundo. E os beijos que dá aos seus filhos são como que pingos de amor. Eles fazem com que as crianças cresçam felizes e vivam uma vida harmoniosa.

Comentários