O Salvador

Criado por Narrador
fire-in-house-hi

Era uma vez uma menina órfã que vivia com a avó num segundo andar. Uma noite, houve fogo e a avó morreu. Os vizinhos chamaram os bombeiros. Entretanto, viram a menina na janela do primeiro andar a gritar por socorro.
De repente, apareceu um homem com uma escada. Subiu à janela, cercada de chamas, agarrou na menina, desceu com ela ao colo, entregou-a a uma vizinha e desapareceu.
Como não tinha parentes vivos, fez-se uma reunião para ver quem ficaria com a menina. Apresentaram-se vários pretendentes à adopção: uma professora, um agricultor, um rico comerciante.
Entretanto, a criança mantinha-se calada. O presidente da assembleia perguntou:

— Mais alguém quer falar?

Do fundo da sala, um homem, com queimaduras nas mãos, avançou e estendeu os braços para a criança. A multidão susteve a respiração. A menina exclamou:

— Este foi o homem que me salvou! E com um salto, lançou-se-lhe ao pescoço.

O presidente declarou:

— A sessão está suspensa.

A criança sabia quem era a pessoa que a amava mais que todas as outras. Era aquele homem que a salvou das chamas devoradoras. Não sei se sublinhar o gesto heróico do homem desconhecido, se a atitude da criança que sabe de amor.

Comentários