Os raios Y

Criado por Narrador
enfermeira-segurando-um-carater-vetor-de-raio-x_62-4939

Um médico, tentando melhorar os aparelhos dos Raios X, descobriu, casualmente, os Raios Y.

Enquanto os raios X permitem fazer a radiografia dos ossos, dos pulmões, dos rins e do fígado, os raios Y permitiam ver o amor ou egoísmo que existe no coração, a sinceridade ou a mentira que existe na língua, a ignorância ou a verdade que existe no cérebro, os bons ou maus instintos que existem no fígado.

Acabava de fazer uma estranha e maravilhosa descoberta. Se os raios X detectam as doenças físicas, os raios Y detectam as doenças espirituais.

Todos ficaram assombrados com a descoberta sensacional e recebeu o Prémio Nobel da Medicina.

Porém, quando instalou o aparelho, não apareceu ninguém a pedir consultas. Ninguém se reconhecia espiritualmente doente. Todos se julgavam de boa saúde espiritual, isto é. amigos, sinceros, verdadeiros, bons.

Além disso, todos pensavam que eram os outros que estavam doentes e precisavam de uma consulta de raios Y.

Dizem que cada pessoa traz como que um alforge aos ombros, com um saco à frente e outro atrás. No da frente leva as virtudes e no de trás os defeitos. Será por isso que não consegue ver senão o que tem de bom.

Comentários