a importancia da agua potavel para o ser humano

Você está a ver contos para meninos , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa a importancia da agua potavel para o ser humano. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. imagensface de amigo,fabulas de importancia das familias,fraquesa dragao sombrio,quadinhos sobre importacia da agua,o que e efeitos nocivos aos seres vivos,musicas que falam da inportancia da persevaçao da natureza,musicas que falam da importancia da preservasao da natureza,ataques de crocodilos gigantes a seres humanos,Criar henrique do palmeiras pes 2014 ps2,compartilhar historias criancas face



tv-reporter-2 A entrevista

O sonho de um jovem jornalista era entrevistar Deus. Tinha 72 anos quando se encontrou diante dele, face a face. Deus perguntou-lhe: — Então desejas entrevistar-me? — Sim. se por acaso tem algum tempo disponível para este jornalista sonhador. Deus sorriu e disse: — O meu tempo chama-se eternidade. O que que queres saber? — Desejaria saber o que nos seres humanos vos causa

Ver mais…


cao-com-um-osso-animais-caes-pintado-por-laila-1018985 O Cão e o Osso

Uma vez um cão roubou um osso a um carniceiro. Depois fugiu pela rua abaixo a toda a velocidade, atravessou a aldeia e as colinas, e foi ter a uma ponte de madeira sobre um regato. Parou em cima dela, ofegante, para olhar a água limpa e mansa. E deu um pulo de espanto. A olhar para ele, debaixo da água, estava outro cão.

Ver mais…


esponja A Esponja

No tempo em que até as coisas mais simples falavam, uma esponja e um seixo duro encontraram-se precisamente dentro de um balde de água. A esponja, porque é esponja, começou a beber, a beber cada vez mais água até ficar toda ensopada e cheia de água. Estava mesmo satisfeita. O seixo, que alguém colocara no fundo do balde, não se sabe bem porquê, mantinha-se

Ver mais…


Os passos Os Passos

Era uma vez um eremita que vivia no deserto, entregue ao trabalho e à oração. A sua cela ficava um pouco distante da fonte, onde ia buscar água todos os dias para se lavar e cozinhar. Um dia disse para consigo: «Vou mudar a minha choupana para mais perto da fonte. Assim terei menos trabalho. E até terei mais tempo para a oração». Assim

Ver mais…


16457018_anZR1 A vírgula

Era uma vez uma vírgula aborrecida com a pouca consideração em que toda a gente a tinha. Nem sequer as crianças das escolas lhe davam importância. Não gostava nada de ser apenas um pequeno sinal que se põe na escrita mas não se lê. Um dia, cansada desta falta de apreço, a vírgula decidiu revoltar-se. E fê-lo da seguinte maneira: O Presidente de uma

Ver mais…


OS FRUTOS Os Frutos

Uma vez, uma mulher viu na floresta, junto a umas árvores, um pequenino lago ou espelho de água. Olhou para dentro e viu belos frutos maduros que pareciam dizer-lhe: «Tomai-me e comei-me!» Estendeu o braço e mergulhou a mão na água para os colher mas desapareceram. Depois a água voltava a ficar límpida e apareciam de novo os saborosos frutos. E a mulher foi

Ver mais…


ac3b79264f63986ef1dbfb13068f231f As Estrelas do Mar

Um poeta foi para a praia à procura de inspiração para escrever um novo livro. Numa dessas caminhadas viu ao longe um jovem que se abaixava e apanhava alguma coisa na areia, que depois atirava ao mar. No dia seguinte, observou novamente o jovem a repetir a mesma cena. Apanhava algo que depois arremessava para a água do mar. Foi ter com ele e

Ver mais…


peixe4-798177 O Descontentamento do Peixe Grande

Numa poça isolada do rio grande vivia uma colónia de peixinhos. Eram muito amigos uns dos outros e reinava a paz no local. Havia, no entanto, um peixe grande e orgulhoso que estragava um pouco essa harmonia. Resmungava quando os peixinhos se aproximavam dele e queria para si tudo o que havia de melhor. Um dia, um dos peixinhos, numa tentativa de se libertar

Ver mais…


enchente A inundação

Um rio ficou muito satisfeito quando viu as suas águas aumentarem, alagarem as plantações e invadirem as casas. Ele tornou-se o senhor poderoso e terrível daquele lugar. Era temido e respeitado por toda a gente. Considerava-se orgulhosamente o dono e senhor da cidade. Mas, um dia, a enchente acabou. A natureza ordenou que o rio voltasse imediatamente ao seu leito. Travou-se então no íntimo

Ver mais…


As duas rãs As Duas Rãs

O Verão tinha sido tão quente naquele ano, que as lagoas e os ribeiros secaram todos. Tudo se mirrava esbraseado pelo sol e não havia humidade em parte alguma. Aflitas com a grande seca, não podendo viver assim, duas rãs decidiram ir à procura de qualquer sítio húmido ou de um charcozinho. E depois de muito andarem e de apanharem muito sol, deram com

Ver mais…