Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

como construir um hotel no the sims 2

Você está a ver contos para meninos , contos e fábulas para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como construir um hotel no the sims 2. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



1008534__girl-in-flower-field_p O campo das flores

Era uma vez, num campo de planície florido, florido, uma florzinha chamada: Mina. Mina era azul brilhante e vibrante, era uma rosa, era doce , como um docinho de coco, era amiga das flores, adorada por todos(as). Certo dia de Sol no campo , Mina acordou e foi cantarolar com os girassóis.E era assim: – Lá, lá , lá , lá… – Lá, lá

Ver mais…


castelos de areia Castelos de Areia

Junto a uma serra há uma praia pequenina, de areia macia, onde as crianças gostam de brincar. É ali que se encontram muitas vezes a Rita, o Miguel e o André, três primos, cuja melhor brincadeira é construir castelos, ali à beira do mar. Mas são sempre uns senhores castelos! Altos, com torres e torreões, com portas e portões! E é ver quem faz

Ver mais…


images (1) O Desconhecido

Uma vez, um criminoso acabado de sair da prisão, vagueava pelas ruas à procura de abrigo. Foi bater à porta de um albergue mas não lhe abriram a porta, dizendo que já não havia lugar. Cheio de fome e de frio, foi deitar-se na soleira da porta de uma casa. Mas veio o dono e atiçou-lhe o cão. Entretanto, fez-se noite. Vendo uma grande

Ver mais…


de-kinderen-spelen-kubus-14009479 O castelo em ruínas

O Carlos limpou as lágrimas que lhe corriam pela cara abaixo. “Ela fez de propósito.” murmurou, “estou contente de lhe ter batido.” Ele tinha um ar sombrio ao sentar-se na cadeira, onde devia ficar, segundo as ordens da mãe, tanto tempo quanto fosse necessário, até se sentir arrependido de ter tratado a irmã tão mal. Ainda há alguns instantes o Carlos estava tão contente!

Ver mais…


3litle pigs Os três porquinhos

Numa bela manhã de Primavera, entre os altos canaviais que cercavam o ribeiro, nasceram três porquinhos a quem a mãe pôs os nomes de Mico, Chico e Pico. Durante vários meses viveram muito felizes ao lado da senhora porca, que tinha um aspecto imponente e uns presuntos monumentais. Nessa altura, toda a ocupação de Mico, Chico e Pico tinham era correr de um lado

Ver mais…


rouxinol-e-o-Imperador O Roxinol do Imperador

Era uma vez um imperador da China que vivia num palácio maravilhoso. O palácio tinha um lindo jardim que se estendia até ao mar. Havia quem dissesse que era a coisa mais bela do Mundo! As suas flores mais bonitas tinham campainhas de prata que tilintavam a cada brisa que passava. Naquele jardim vivia um rouxinol que tinha uma voz bonita e doce. Quem

Ver mais…


Maria papoila Maria Papoila

Nos campos sem fim semeados de trigo havia um casebre e nele morava Maria Papoila. Era uma boa moça, amiga de toda a gente, com duas rosetas na cara, vermelhas como duas papoilas. De manhã à noitinha trabalhava curvada para a terra, alegremente cantava e assim ia passando a sua vida sem história. Até que certo dia lhe bateu à porta um criado real.

Ver mais…


meninos_de_todas_as_cores2 Meninos de todas as cores

Era uma vez um menino branco chamado Miguel, que vivia numa terra de meninos brancos e dizia: É bom ser branco porque é branco o açúcar, tão doce, porque é branco o leite, tão saboroso, porque é branca a neve, tão linda. Mas certo dia o menino partiu numa grande viagem e chegou a uma terra onde todos os meninos eram amarelos. Arranjou uma

Ver mais…


O ALFORGE O Alforge

Este episódio aconteceu, evidentemente, no tempo em que os animais falavam. O macaco, todo vaidoso, disse: — Tenho quatro patas que são uma maravilha. Saltito de um lado para o outro. Não sou como o urso, um animal feio. O urso, orgulhoso, respondeu: — Eu vejo-me forte e bem proporcionado. Não sou como o elefante, aqui ao meu lado, que é um verdadeiro monstro.

Ver mais…


estudando-menino_ler O estudo

Um velho chinês, rico mas analfabeto, tinha às suas ordens um músico cego. Disse ao seu empregado: — Já tenho setenta e três anos e continuo analfabeto. Poderia começar a estudar mas já é demasiado tarde. O músico sugeriu-lhe: — Por que não acende uma vela? Sem perceber o que o empregado músico queria dizer, o velho chinês, aborrecido, respondeu: — Como é que

Ver mais…