Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1291

como passar musicas do pc para o tablet android

Você está a ver contos para meninos , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como passar musicas do pc para o tablet android. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



Dona Formiguinha

Pelo carreirinho fora A andar muito ligeira Vai a Dona Formiguinha Que é muito trabalhadeira. Nunca pára, nem se cansa, Seu celeiro quer encher Para comer no Inverno Quando estiver a chover. Cheiinha que nem um ovo A sua casinha está E no frio do Inverno Como é bom lá tomar chá. Como a Dona Formiguinha Vamos todos trabalhar P’ra depois dar de comer

Ver mais…


A Raposa e as Uvas

Certa raposa matreira, que andava à toa e faminta, ao passar por uma quinta, viu no alto da parreira um cacho de uvas maduras, sumarentas e vermelhas. Ah, se as pudesse tragar! Mas lá naquelas alturas não as podia alcançar. Então falou despeitada: – Estão verdes essas uvas. Verdes não servem pra nada! Como não cabem quatro mãos em duas luvas, há quem prefira

Ver mais…


A Expêriencia

Era uma vez um homem que, tendo passado umas lerias em Viena de Áustria, aproveitou o tempo para escutar concertos musicais, ficando verdadeiramente encantado. Ao chegar à sua terra, decidiu formar uma orquestra musical, um pouco ao estilo das que tinha visto em Viena. Ele próprio decidiu ser o director de orquestra. Para se preparar, leu muitos livros e escutou muitas conferências. Encheu a

Ver mais…


O Burro do Azeiteiro

Dois estudantes encontraram numa estrada um azeiteiro que levava pela rédea um burro carregado de bilhas de azeite. E repararam que o azeiteiro batia, sem dó nem piedade, com o chicote no pobre burro. Este, provavelmente porque já vinha de muito longe, ia cansado, subindo a encosta a custo e ao ritmo das chicotadas do dono. – Deve ser já muito velho, ou então,

Ver mais…


A Cegonha e a Tartaruga

– Vou partir para as terras quentes do sul – declarou a cegonha com visível orgulho. – Desde que anunciaram tempos difíceis, não penso noutra coisa. – Quem é que anunciou tempos difíceis? – perguntou a tartaruga num bocejo. – O boletim meteorológico. Falaram de vento, chuva, frio, enfim só coisas desagradáveis. Eu, sempre que posso, fujo do que me aborrece. – Foges? –

Ver mais…


Hoje é seu dia de sorte!

Hoje é o seu dia de sorte! Conta-se que, em Bagdá, os invejosos murmuravam: Por que Aladim julga ser melhor do que nós? Ele é rico, casou-se com a filha do sultão, tem uma lâmpada maravilhosa… Pura sorte! Até os ministros conspiravam: -Eu também, se tivesse um génio a me servir… Ora, Aladim resolveu fazer uma experiência e chamou o sultão e o grão-vizir

Ver mais…


A Menina e a Flor

Num belo prado verdejante, uma menina era transportada pelo reino da imaginação. Sonhava com a justiça, o amor, a fraternidade. Sonhava com uma utopia sagrada, que lhe enchia a sua pequenina alma, escondendo uma grandeza imensa, especialmente, para a idade que tinha. Num esplendoroso dia de primavera, o inesperado aconteceu: enquanto contemplava uma das suas predilectas lilases açucenas, deparou-se com um acontecimento fora do

Ver mais…


A Grande Barrela

-Sabes, Zézito, vou fazer uma barrela geral aos vestidos das minhas bonecas. -disse a Joanita -Estão tão sujos que até metem nojo! -Se quiseres podes lavar também os fatos do meu urso e do escarumba -respodeu o Zézito. -Certamente, desde que me ajudes – concordou logo a Joanita. Foi um belo trabalho, sim senhor! Enquanto a Joanita lavava tudo com «omo», o Zézito ia

Ver mais…


A lenda da Iara

A Iara é uma lenda do folclore brasileiro. Ela é uma linda sereia que vive no rio Amazonas. A sua pele é clara, possui cabelos longos, loiros e olhos claros. A Iara costuma tomar banho nos rios e cantar uma melodia irresistível, desta forma os homens que a vêem não conseguem resistir aos seus desejos e pulam dentro do rio. Ela tem o poder

Ver mais…


O Cachimbo

Uma vez, um grupo de jovens em passeio pelo campo, encontrou enterrado um estranho objecto muito antigo. Depois de o examinarem, pareceu-lhes que era esse tal cachimbo da paz de que já tinham ouvido falar. Ao regressarem a suas casas, quiseram ver se funcionava. Meteram-lhe tabaco e acenderam-no. Imediatamente a casa se encheu de um estranho fumo amarelo. E cada vez saía mais fumo.

Ver mais…