contos de zoofilia com patos

Você está a ver contos para meninos , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa contos de zoofilia com patos. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. contos heroticos animados,contos eróticos ilustrado,contos da regiao sul,yhs-fad_001,contos eróticos ilustrados gratis,contos jocosos,contoseroticosentreirmaos,CONTOS POPULARES PARA O 4 ANO,fabulas pequenas e engracadas,fabulas curtas de animais as mais divertidas



bigstockphoto_Happy_Children_1375713 Fábulas e contos


Sobre nós

A internet é um mundo gigantesco, e nem sempre é possível encontrar historias, actividades,  desenhos … para as crianças. Este site surgiu dessa necessidade feitos por amantes de histórias para crianças, e é totalmente dedicado aos mais novos. Aqui é fácil encontrar histórias, fábulas, lendas, contos, desenhos… e muito mais!!! E o melhor é que este site quer que participes, que nos ajudes a colorir

Ver mais…


burro O Burro e o Leão

O burro andava muito feliz. Sentia-se o rei da criação, isto é, o rei das galinhas, dos patos e dos perus do quintal onde vivia. E também das cabras, dos porcos e das ovelhas, porque aquele quintal era muito povoado. Quando ele zurrava, todos fugiam. As zurradelas do burro, realmente, eram de tal força, que assustavam qualquer bichinho. Até o cão se afastava, em

Ver mais…


patinho feio O Patinho Feio

Numa bela tarde de Verão, a mãe pata vigiava sorridente os ovos da sua ninhada que estavam prestes a estalar: “Cric, crac”, fez o primeiro ovo. “Cric, crac”, fizeram, uns após outros, todos os ovos da ninhada. As cascas partiram e cinco belos patinhos amarelos saíram cá para fora. “Como sois belos!”, disse a mãe. Mas, faltava um ovo! Era maior e mais escuro

Ver mais…


comadre morte Comadre Morte

Havia um homem que tinha tantos filhos, tantos que não havia ninguém na freguesia que não fosse compadre dele e vai a mulher teve mais um filho. Que havia do homem fazer? Foi por esses caminhos fora a ver se encontrava alguém que convidasse para compadre. Encontrou um pobrezito e perguntou-lhe se queria ser compadre dele. – Quero; mas tu sabes quem eu sou?

Ver mais…


menina_flor A Menina e a Flor

Num belo prado verdejante, uma menina era transportada pelo reino da imaginação. Sonhava com a justiça, o amor, a fraternidade. Sonhava com uma utopia sagrada, que lhe enchia a sua pequenina alma, escondendo uma grandeza imensa, especialmente, para a idade que tinha. Num esplendoroso dia de primavera, o inesperado aconteceu: enquanto contemplava uma das suas predilectas lilases açucenas, deparou-se com um acontecimento fora do

Ver mais…


anita Anita perdeu o seu cão Pantufa

A Anita vive no Edifício dos Abetos com o seu cão Pantufa, que acabou de perder. À frente do prédio há um parque de estacionamento, alguns bancos e espaços verdes. É aqui que as crianças brincam. Andam de bicicleta, de patins e jogam à macaca. A Anita e o Pedro moram no 3º e o Luís no 4º andar. Na entrada do prédio encontram

Ver mais…


serpiente-b5 A Serpente Branca

Há muitos e muitos anos, vivia um rei muito celebrado por sua sabedoria. Nada era oculto para ele. Era como se o conhecimento das coisas mais secretas chegasse até ele pelo ar. Mas tinha um estranho costume. Quando a refeição do meio-dia acabava, a mesa era tirada e não havia mais ninguém presente, um criado de confiança lhe trazia um prato a mais. Esse

Ver mais…


3deb63e3271b0cd63ef6f158c3aae3ae O sentido da vida

Um grande filósofo reflectia, dia após dia, acerca do sentido da vida. Tinha dedicado os melhores anos da sua vida à solução deste enigma. Tinha consultado os maiores sábios da humanidade. Tinha enchido a sua biblioteca com os livros dos maiores pensadores. Tinha lido muitas teorias acerca do assunto. Mas os anos iam passando e ele não encontrava uma resposta satisfatória a esta questão.

Ver mais…


O PELICANO O Pelicano

Era uma vez um pelicano, uma ave de bico comprido, que partiu à busca de alimento para os seus filhos. Uma serpente, escondida entre a ramagem, ao vê-la sair, aproximou-se do ninho onde dormiam os pequenos pelicanos. Mordeu-os a todos, um por um, passando os pobrezinhos do sono para a morte. Satisfeita, a serpente voltou para o seu esconderijo, a fim de gozar com

Ver mais…