cuentos breves de autores latinoamericanos del siglo 19 y 20

Você está a ver contos para meninos , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa cuentos breves de autores latinoamericanos del siglo 19 y 20. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. Texto infantil,textos sobre o mar,historias para dormir de amor,historia infantil evangelica para imprimir,historias de amizade,fabulas de amizade,a menina e a flor,historia para dormir de amor,histórias sobre amizade,texto de amizade infantil



menina_flor A Menina e a Flor

Num belo prado verdejante, uma menina era transportada pelo reino da imaginação. Sonhava com a justiça, o amor, a fraternidade. Sonhava com uma utopia sagrada, que lhe enchia a sua pequenina alma, escondendo uma grandeza imensa, especialmente, para a idade que tinha. Num esplendoroso dia de primavera, o inesperado aconteceu: enquanto contemplava uma das suas predilectas lilases açucenas, deparou-se com um acontecimento fora do

Ver mais…


farol-3946156 O Farol

Era uma vez um farol que estava num cabo junto ao mar. Sentia-se muito triste pois julgava que não servia para nada. Via os barcos a passarem no alto mar, e parecia-lhe que nenhum deles lhe ligava importância. Ele cada vez iluminava mais os seus faróis mas os barcos, ao verem a sua luz, afastavam-se. Bem desejava que se aproximassem dele para poder conversar

Ver mais…


Genio Hoje é seu dia de sorte!

Hoje é o seu dia de sorte! Conta-se que, em Bagdá, os invejosos murmuravam: Por que Aladim julga ser melhor do que nós? Ele é rico, casou-se com a filha do sultão, tem uma lâmpada maravilhosa… Pura sorte! Até os ministros conspiravam: -Eu também, se tivesse um génio a me servir… Ora, Aladim resolveu fazer uma experiência e chamou o sultão e o grão-vizir

Ver mais…


burro O Burro e o Leão

O burro andava muito feliz. Sentia-se o rei da criação, isto é, o rei das galinhas, dos patos e dos perus do quintal onde vivia. E também das cabras, dos porcos e das ovelhas, porque aquele quintal era muito povoado. Quando ele zurrava, todos fugiam. As zurradelas do burro, realmente, eram de tal força, que assustavam qualquer bichinho. Até o cão se afastava, em

Ver mais…


danca_arco_iris01 A dança do arco-íris

Há muito e muito tempo, vivia sobre uma planície de nuvens uma tribo muito feliz. Como não havia solo para plantar, só um emaranhado de fios branquinhos e fofos como algodão-doce, as pessoas se alimentavam da carne de aves abatidas com flechas, que faziam amarrando em feixe uma porção dos fios que formavam o chão. De vez em quando, o chão dava umas sacudidelas,

Ver mais…


fire-in-house-hi O Salvador

Era uma vez uma menina órfã que vivia com a avó num segundo andar. Uma noite, houve fogo e a avó morreu. Os vizinhos chamaram os bombeiros. Entretanto, viram a menina na janela do primeiro andar a gritar por socorro. De repente, apareceu um homem com uma escada. Subiu à janela, cercada de chamas, agarrou na menina, desceu com ela ao colo, entregou-a a

Ver mais…


pulga A Pulga e o Piolho

Estava a pulga e o piolho em sua casa, quando a pulga resolveu sair para ir ao moinho pegar trigo. Antes de sair avisou ao Piolho: Tome cuidado Piolhinho para não cair na panela de sopa hein! O pequeno piolho achou engraçada a preocupação da amiga e riu-se a valer: – Pode deixar que tomarei cuidado e não cairei na panela! Depois que a

Ver mais…


burro O Burro do Azeiteiro

Dois estudantes encontraram numa estrada um azeiteiro que levava pela rédea um burro carregado de bilhas de azeite. E repararam que o azeiteiro batia, sem dó nem piedade, com o chicote no pobre burro. Este, provavelmente porque já vinha de muito longe, ia cansado, subindo a encosta a custo e ao ritmo das chicotadas do dono. – Deve ser já muito velho, ou então,

Ver mais…


2580189623_4ebc2f588c[1] O Gigante Egoísta

Toda tarde, no caminho de volta da escola, as crianças tinham o hábito de ir ao jardim do Gigante para brincar. Era um jardim grande e encantador, com a grama verde e macia. Em um ponto e outro, sobre a grama, lindas flores se erguiam, assim como as estrelas surgem no céu . Havia doze pessegueiros que, na primavera, brotavam delicadas flores de cor

Ver mais…


3deb63e3271b0cd63ef6f158c3aae3ae O sentido da vida

Um grande filósofo reflectia, dia após dia, acerca do sentido da vida. Tinha dedicado os melhores anos da sua vida à solução deste enigma. Tinha consultado os maiores sábios da humanidade. Tinha enchido a sua biblioteca com os livros dos maiores pensadores. Tinha lido muitas teorias acerca do assunto. Mas os anos iam passando e ele não encontrava uma resposta satisfatória a esta questão.

Ver mais…