curso de teatro em salvador gratuito

Você está a ver contos e histórias , contos e fábulas para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa curso de teatro em salvador gratuito. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. audiobook espirita download,audiobook espírita infantis,Baixar aula de canto para Nokia X2,tecnico enfermagem curitiba pr



garfield-praia A Paz Do Pescador

Um homem rico. numa manhã de sol, foi passear junto à praia. Viu um pescador que, depois de ter vendido todo o seu peixe, se recostou tranquilamente junto do seu barco. Calmamente, contemplava o mar e fumava o seu charuto. O rico aproximou-se dele e perguntou-lhe: — Por que não sais de novo a pescar? — Porque já pesquei hoje o suficiente. — Mas

Ver mais…


fire-in-house-hi O Salvador

Era uma vez uma menina órfã que vivia com a avó num segundo andar. Uma noite, houve fogo e a avó morreu. Os vizinhos chamaram os bombeiros. Entretanto, viram a menina na janela do primeiro andar a gritar por socorro. De repente, apareceu um homem com uma escada. Subiu à janela, cercada de chamas, agarrou na menina, desceu com ela ao colo, entregou-a a

Ver mais…


medico A Receita

Os pais lamentavam-se por causa dos seus dois filhos. O mais velho tinha terminado o curso universitário, mas passava o dia em casa a queixar-se que não conseguia arranjar emprego. Não fazia nada em casa nem fora de casa. Vivia à custa dos pais, gastando muito nas festas com os amigos. O mais novo andava de muletas desde a operação que tinha feito há

Ver mais…


amigos Os Bons Amigos

Era uma vez um adolescente que, embora fosse muito estudioso, era gozado pelos seus companheiros. Chamavam-lhe nomes e chegavam a agredi-lo. Andava muito triste e até chegou a pensar no suicídio. Um dia em que foi insultado e estava no chão, com os óculos para um lado e os livros para o outro, apareceu um outro rapaz que lhe deu o que ele nesse

Ver mais…


sugar-cubes Um Pretinho chamado Açúcar

Um pretinho corria através da selva. O corpo dele estava cheio de arranhaduras. Um missionário que passava, não longe de casa, a fim de repousar um pouco do seu trabalho extenuante, avistou o pequeno fugitivo assustado. Ficou não pouco admirado ao ver o rapazito correr direito a ele, a gritar; “Homem branco! Homem branco! Salva-me!” O missionário estendeu os braços ao pequenito tremente e

Ver mais…


caperucita_roja_803485 O Capuchinho Vermelho

Era uma vez uma linda menina que vivia numa aldeia do bosque e de quem todos gostavam muito por ser muito boa e simpática. Um dia a mãe fez-lhe um capucho vermelho para ela levar para a escola. No trajecto e como era hábito, a menina cumprimentava os animaizinhos, pois conhecia-os e era amiga de todos. Ao vê-la tão bonita com o seu novo

Ver mais…


cerejeira da lua A Cerejeira da Lua

A Lua fita-nos quando a fitamos? Não. Nunca. Se a chamarmos deste canto da Terra, a Dama Toda Branca embuça-se de mistério e faz de conta que é a Bela Adormecida. Presunçosa. Como se toda a gente não soubesse que a Lua deixou de ser inacessível. Botas memoráveis pisaram-lhe a superfície desolada. Satélites zumbem à sua volta. Telescópios potentíssimos perscrutam-lhe todos os socalcos, rugas

Ver mais…


natal hipermercado Natal no Hipermercado

Muito gostava o Rodrigo de ir à caixa de correio. Quando o Natal se aproximava, estava sempre tão cheia que alguns papéis coloridos ficavam entalados na fresta estreita e comprida. O rapaz puxava-os, mesmo antes de dar a volta à chave, no entusiasmo de descobrir coisas maravilhosas, que apetecia mesmo comprar. Subia no elevador com meia dúzia de envelopes brancos, sem graça nenhuma, e

Ver mais…


Genio Hoje é seu dia de sorte!

Hoje é o seu dia de sorte! Conta-se que, em Bagdá, os invejosos murmuravam: Por que Aladim julga ser melhor do que nós? Ele é rico, casou-se com a filha do sultão, tem uma lâmpada maravilhosa… Pura sorte! Até os ministros conspiravam: -Eu também, se tivesse um génio a me servir… Ora, Aladim resolveu fazer uma experiência e chamou o sultão e o grão-vizir

Ver mais…


burro O Burro e o Leão

O burro andava muito feliz. Sentia-se o rei da criação, isto é, o rei das galinhas, dos patos e dos perus do quintal onde vivia. E também das cabras, dos porcos e das ovelhas, porque aquele quintal era muito povoado. Quando ele zurrava, todos fugiam. As zurradelas do burro, realmente, eram de tal força, que assustavam qualquer bichinho. Até o cão se afastava, em

Ver mais…