Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

dois nomes de frutas com ditongo

Você está a ver contos e histórias , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa dois nomes de frutas com ditongo. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



bricks-48938_640 Os Tijolos

Uma noite, veio inesperadamente uma tempestade que levou uma das casas da aldeia. Essa família ficou sem nada. Toda a gente lamentava o acontecido e uma família vizinha acolheu-os em casa. Naquela noite, um dos habitantes não conseguia dormir, pensando na forma de ajudar essa família. Teve então uma ideia. Levantou-se rapidamente e, como era pobre, apenas levou quatro tijolos da sua casa. Aproveitando

Ver mais…


amigos Os Bons Amigos

Era uma vez um adolescente que, embora fosse muito estudioso, era gozado pelos seus companheiros. Chamavam-lhe nomes e chegavam a agredi-lo. Andava muito triste e até chegou a pensar no suicídio. Um dia em que foi insultado e estava no chão, com os óculos para um lado e os livros para o outro, apareceu um outro rapaz que lhe deu o que ele nesse

Ver mais…


RATINHO-DA-CIDADE-E-O-RATINHO-DO-CAMPO A Historia dos Primos Ratos

Era uma vez um rato que vivia no campo, onde era muito feliz. Tinha um primo rato que vivia na cidade, dentro dos esgotos. O rato do campo alimentava-se de frutas, raízes e sementes. O da cidade comia restos de comida que ia buscar aos caixotes do lixo. Um dia o rato da cidade foi ao campo visitar o primo, e ao despedir-se disse-lhe

Ver mais…


fada-mundial As Fadas Dos Sonhos

Coelhinho e Ratinho estão sentados no jardim de Coelhinho, debaixo de uma macieira. – Ouvi dizer que as fadas moram nos fundos dos jardins — disse Ratinho. E chamou em voz alta: – Fadas, onde estais? – O que é que as fadas farão durante o dia? — perguntou-se o Ratinho. – Acho que ajudam as flores dos jardins a crescer e tomam conta

Ver mais…


fada-mundial O Gosto das Bruxas

Era uma vez uma menina que estava presa na torre mais alta de um castelo. Ela era uma princesa, mas não lhe valia de nada, porque perdera os seus pais e o reino, numa guerra que o dono do castelo, já se vê, é que ganhara. Ainda era o tempo das fadas. Por isso a menina disse, para que as paredes ouvissem: — Se

Ver mais…


desenho-dora-a-aventureira-fada-vestido-botas-mochila-estrela-mapa-colorido-dibujos-ideia-criativa (1) PÉ DE MOLECA

Um salto e nada Dois saltos e um passo Num compasso impaciente Uma dança meio torta Uma boneca quase sem corda Um salto e plaft Um nariz escarlate Olhinhos desconfiados Saem desconcertados Levando consigo Pezinhos descalços


images A Pedra

O Mestre de Sabedoria tinha a preocupação de ensinar todos os dias ao seu discípulo coisas novas. E preferia fazê-lo não com muitas palavras mas com experiências muito simples. Um dia, convidou o seu dedicado discípulo a um passeio até junto do rio. Quando chegaram, o Mestre disse: — Tira a túnica e entra dentro do rio. Depois, mete o braço na água e

Ver mais…


gota A gota de água

Quando a terra ainda não estava completa o hidrogénio sobrevoava sobre aquele caos, procurando alguma coisa. O Senhor perguntou-lhe: — Que procuras? Ele respondeu: — Senhor, tenho uma grande sede, mas não encontro sequer uma gota de água neste imenso deserto! O Senhor disse-lhe: — Podes encontrá-la, mas com uma condição: que tu desapareças completamente naquilo que encontrares. Continua a procurar… Passado pouco tempo,

Ver mais…


velho menino burro O Velho o Menino e o Burro

Num lugar que você sabe este fato aconteceu. As pessoas que eu descrevo, você talvez conheceu. E se você não se lembra, procure na consciência. Porque se houver semelhança, não é mera coincidência. O burrico vinha trotando pela estrada. De um lado vinha o velho, puxando o cabresto. Do outro vinha o menino, contente, que o dia estava fresquinho e o sol brilhava no

Ver mais…


1231191_558838430830814_1566479225_n2 Um minuto

Uma criança, com voz tímida, perguntou ao pai quando este regressou do trabalho: — Pai, quanto é que ganhas por hora? O pai, num gesto severo, respondeu: — Escuta, meu filho, isso nem a tua mãe sabe. Não me aborreças que estou cansado. Mas o filho insistiu: — Mas, pai, por favor diz quanto ganhas por hora? A reacção do pai foi menos severa

Ver mais…