Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1291

frases de aniversario para alguem que ja morreu

Você está a ver contos para meninos , contos e fábulas para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa frases de aniversario para alguem que ja morreu. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



A Mosca que Mora na Teia

Pra encurtar a história, nem vou contar como Maradona, a mosca, escapou do açucareiro, pois foi tampada lá dentro e não havia meio de alguém destampar. Não vou contar também como foi que Maradona aprendeu que através da vidraça mosca não passa. Pois bem… um dia Maradona caiu na teia. – Lá vem a aranha… ronc, ronc, ronc… preciso esconder-me… – Aonde, meu Deus?

Ver mais…


O presente do Valter

“Se eu tivesse dinheiro”, lamentava-se o pequeno Valter, de sete anos, com um suspiro profundo. “Amanhã e o aniversario da minha mãe, e não tenho dinheiro para lhe comprar um presente. O que é que lhe hei-de dar? Talvez o meu urso de peluche! Ê o meu brinquedo preferido. Certamente que a mãe gostaria dele. Hei-de dar-lho? É o que vou fazer.” Assim pensou

Ver mais…


A Bíblia

Era um homem simples, de sorriso sempre pronto para oferecer, disponível sem enfado para todos. Pelo seu exemplo de homem bom, muita gente vinha ter com ele a pedir conselhos. Falta dizer que era um homem sem grandes riquezas, para além do necessário para viver com dignidade. Sentia-se que era um homem feliz. O segredo da felicidade deste homem simpático e bom só foi

Ver mais…


O Menino Pobre

Era uma vez, há muitos anos, um menino muito pobre que frequentava a igreja, levando sempre uma roupa muito remendada e uns sapatos gastos. Certo dia, um homem sem fé, que o via passar todos os domingos diante de sua casa, quis brincar com ele. Quando regressava da igreja, perguntou-lhe: — Olha lá, menino, tu acreditas mesmo em Deus? A criança respondeu: — Sim,

Ver mais…


A nuvem

Era uma vez um menino sem família que se sentia muito só e triste. Muitas vezes olhava para o céu e punha-se a chorar. Uma nuvem que passou, ao ver a criança, teve pena e perguntou ao sol: — O que é que aconteceu a este menino? O sol respondeu: — Não sei. Também o vejo chorar muitas vezes mas não sei o motivo.

Ver mais…


O cachorrinho

Um menino passou diante de uma loja que vendia animais e disse que desejava comprar um cachorrinho. O dono da loja apresentou-lhe alguns e ele, depois de perguntar preços, escolheu um que coxeava. O dono explicou que ele tinha um defeito numa coxa, mas o menino disse: — E este mesmo que eu quero comprar. O dono comentou: — Nesse caso, não precisas de

Ver mais…


Os sapatos

Uma grande empresa americana de calçado desenvolveu um projeclo de exportação de sapatos para a índia. Para isso, enviou dois dos seus consultores a pontos diferentes desse imenso país. Esses técnicos deviam verificar as potencialidades da Índia se tornar num bom mercado para o produto a vender, os sapatos. Após alguns dias de investigações, um dos consultores enviou para a empresa um fax que

Ver mais…


A última andorinha

Era o momento das andorinhas regressarem através dos mares para as suas terras. Mas uma delas chegou tarde. Que fazer? Decidiu empreender viagem, sozinha. O sol brilhava com força. Depois de várias horas de voo, faltou-lhe o ânimo e começou a ficar esgotada. Decidiu então deixar-se cair nas águas e morrer. Nesse momento, viu outra andorinha que voava junto às águas do mar na

Ver mais…


Os comentários

Numa tarde de domingo, viaja no comboio uma jovem de uns vinte anos, vestida com simplicidade, com aspecto de quem está cansada e cheia de sono. Aproveita para dormir. Ao lado, viajam umas senhoras elegantes que regressam de uma festa de aniversário. Uma delas não gosta de estar ao lado da jovem e diz em voz baixa para as outras: — Esta deve ser

Ver mais…


O Salvador

Era uma vez uma menina órfã que vivia com a avó num segundo andar. Uma noite, houve fogo e a avó morreu. Os vizinhos chamaram os bombeiros. Entretanto, viram a menina na janela do primeiro andar a gritar por socorro. De repente, apareceu um homem com uma escada. Subiu à janela, cercada de chamas, agarrou na menina, desceu com ela ao colo, entregou-a a

Ver mais…