Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

frases de saudades de amiga que foi embora

Você está a ver contos para meninos , contos e histórias e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa frases de saudades de amiga que foi embora. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



Barbie para Colorir com uma Amiga e um Cachorro

Desenho para para imprimir e colorir da Barbie com uma Amiga e um Pequeno Cachorro.


pulga A Pulga e o Piolho

Estava a pulga e o piolho em sua casa, quando a pulga resolveu sair para ir ao moinho pegar trigo. Antes de sair avisou ao Piolho: Tome cuidado Piolhinho para não cair na panela de sopa hein! O pequeno piolho achou engraçada a preocupação da amiga e riu-se a valer: – Pode deixar que tomarei cuidado e não cairei na panela! Depois que a

Ver mais…


sy01261_ A Bíblia

Era um homem simples, de sorriso sempre pronto para oferecer, disponível sem enfado para todos. Pelo seu exemplo de homem bom, muita gente vinha ter com ele a pedir conselhos. Falta dizer que era um homem sem grandes riquezas, para além do necessário para viver com dignidade. Sentia-se que era um homem feliz. O segredo da felicidade deste homem simpático e bom só foi

Ver mais…


polipes O Polipés

Era uma vez um Polipés que morava escondido no Atlântico. Tinha chegado à Terra por acaso, quando brincava no espaço com os seus amigos às escondidas por detrás dos asteróides. Um deles, de seu nome Sirion, que estava com mais pressa, arrastara-o para a Terra. Polipés não tinha tido outra escolha senão esconder-se numa gruta no fundo do oceano, pois desconhecia se poderia confiar

Ver mais…


ted_screenshot O presente do Valter

“Se eu tivesse dinheiro”, lamentava-se o pequeno Valter, de sete anos, com um suspiro profundo. “Amanhã e o aniversario da minha mãe, e não tenho dinheiro para lhe comprar um presente. O que é que lhe hei-de dar? Talvez o meu urso de peluche! Ê o meu brinquedo preferido. Certamente que a mãe gostaria dele. Hei-de dar-lho? É o que vou fazer.” Assim pensou

Ver mais…


00_001_andorinhas A última andorinha

Era o momento das andorinhas regressarem através dos mares para as suas terras. Mas uma delas chegou tarde. Que fazer? Decidiu empreender viagem, sozinha. O sol brilhava com força. Depois de várias horas de voo, faltou-lhe o ânimo e começou a ficar esgotada. Decidiu então deixar-se cair nas águas e morrer. Nesse momento, viu outra andorinha que voava junto às águas do mar na

Ver mais…


1008534__girl-in-flower-field_p O campo das flores

Era uma vez, num campo de planície florido, florido, uma florzinha chamada: Mina. Mina era azul brilhante e vibrante, era uma rosa, era doce , como um docinho de coco, era amiga das flores, adorada por todos(as). Certo dia de Sol no campo , Mina acordou e foi cantarolar com os girassóis.E era assim: – Lá, lá , lá , lá… – Lá, lá

Ver mais…


did da que fazer Didi dá que fazer

Quem me contou esta história foi o Rogério, um rapazinho meu amigo, que morava no 2º direito do prédio onde eu moro. Deixou de ser meu vizinho há coisa de um ano, pouco mais ou menos. O pai dele foi colocado em Estrasburgo, que fica em França, perto da Alemanha, e, como é bom de ver, a família mudou-se também. Quando se foi embora,

Ver mais…


688px-Pinguim_Crystal_2000 O Pinguim

Um camionista andava sempre pelas estradas da Europa a transportar mercadorias. Passava dias e noites longe da mulher e dos filhos. Muitas vezes sentia saudades dos familiares queridos. Um dia, ao chegar a casa, viu na sua mesa de cabeceira um pinguim de pelúcia com um bilhete colado que dizia «Eu amo o meu pai». Ficou profundamente emocionado. Colocou-o na cabine do camião e,

Ver mais…


PáginaÁrvore cópia A Gratidão

Era uma vez uma árvore que vivia solitária numa planície. Um dia, chegou um pássaro carpinteiro para fazer nela um buraco a fim de se acolher. Embora lhe fizessem doer as suas bicadas, deixou que fizesse o ninho no seu tronco. Mais tarde chegou um bando de avezinhas que precisava de descansar. Embora a deixassem toda despenteada e com os seus cantos não a

Ver mais…