Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

graficos de quadros de nascimento em ponto cruz

Você está a ver contos e histórias , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa graficos de quadros de nascimento em ponto cruz. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



lion A ambição

Era uma vez, um proprietário de terras muito ambicioso. Queria ser cada vez mais rico. Uma noite, apareceu-lhe uma personagem misteriosa que lhe disse: — Vou satisfazer o teu desejo de possuir cada vez mais propriedades. São teus os territórios que conseguires percorrer na caminhada ao longo de um dia. Mas com uma condição: tens de estar de volta e no ponto de partida

Ver mais…


raposa e busto A Raposa e o Busto

Era um busto famoso, um todo teatral… Por entre a multidão, o burro, esse animal Que não sabe julgar senão as aparências, Gabava da escultura as raras excelências. A raposa, porém, um tanto mais sabida, Aproxima-se e diz: “Não vi, por minha vida, Cabeça tão perfeita!… É mágoa verdadeira A falta que lhe faz lá dentro a mioleira!” Aos centos, pelo mundo, os homens

Ver mais…


!!! O calor

Um dia, um conferencista, querendo explicar como é importante experimentar a realidade, contou um sonho que teve numa noite de Inverno. Disse: «Numa noite de Inverno, sonhei que Deus me levou a visitar três casas. Ao entrar na primeira, vi que todos os que ali se encontravam tremiam de frio, enquanto contemplavam um quadro na parede que representava uma fogueira. Na segunda casa, os

Ver mais…


homem_trabalhando_colorir_profissao_13 O marmorista

O gravador de lápides funerárias poisou o cinzel e disse: — Terminei. O homem examinou a pedra: as duas datas 1920 e 2003 separadas por um pequeno traço de dois centímetros. Depois abanou a cabeça e disse: — Não sei como me explicar, mas parece-me muito pouco. Veja, o meu pai teve uma vida cheia e longa. Desejaria que ficasse gravado no mármore de

Ver mais…


843c607493f75bc1283a0806379eed1f A areia

Dois amigos viajavam no deserto. Num determinado ponto da viagem, sentaram-se e um deles começou a discutir e deu uma bofetada ao companheiro. O outro, ofendido, sem nada dizer, escreveu na areia: «Hoje o meu melhor amigo bateu-me no rosto». Levantaram-se e continuaram a caminhada. Chegaram a um oásis e resolveram tomar banho. O que tinha sido esbofeteado começou a afogar-se, sendo salvo pelo

Ver mais…


folha-1912 As Folhas

Dois pássaros estavam muitos felizes, sobre a mesma planta. Um mais acima e outro um pouco mais abaixo. Passado algum tempo, o que estava em cima disse ao outro: — Que lindas estas folhas verdes. O que estava mais abaixo respondeu irritado: — Estás cego? Não vês que são brancas? O de cima continuou: —Tu é que estás cego. São verdes e bem verdes.

Ver mais…


cisnes_selvagens_posters-ra1b55d7c01eb4d25a1665e0b4fbdf2bc_xfc9_8byvr_512 Os Cisnes Selvagens

Era uma vez um rei que tinha doze filhos: onze rapazes e uma menina chamada Elisa. Eram crianças felizes. Passavam os seus dias a brincar no parque do castelo e na escola usavam lápis de diamante e quadros de ouro. Um dia a mãe morreu e, pouco tempo depois, o pai decidiu voltar a casar. A nova mulher tinha muitos ciúmes dos enteados e,

Ver mais…


floresta encantada A Floresta Enfeitiçada

Era uma vez um Gnomo que vivia nas profundezas de uma Floresta encantada. A sua única companhia, para além das árvores e das flores que cobriam a sua casinha, era um Gato preto. Um dia, estava o Gnomo a cuidar das suas plantas, quando apareceu o Gato com um ar muito preocupado: – Gnomo, Gnomo, nem imaginas o que aconteceu! – Porque estás tão

Ver mais…


Arco-íris_de_luz_EG Sobre o arco-íris

Era uma vez uma menina chamada Luz. Era branquinha e especial como realmente luz, era sensível e amada como claramente um anjo. Luz era sempre acompanhada de sua cachorrinha: Marie. E viviam as duas sempre brincando no campo , correndo de um lado para o outro no pôr do Sol , sem rumo ! A vida era vista como um mar de rosas para

Ver mais…


soldado_joao (8) O Soldado João

Era uma vez um soldado chamado João. Vinha de sachar milho, de regar cravos, de semear couves e manjericos. Agora, toca a marchar, de espingarda ao ombro, mochila às costas, botas de cano, farda a rigor. Pelos campos fora, o soldado João era a vergonha dos batalhões. Trazia uma flor ao peito, punha as mãos nas algibeiras, coçava o nariz, não acertava o passo.

Ver mais…