guiones de obras teatrales chistosos

Você está a ver contos , contos e histórias e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa guiones de obras teatrales chistosos. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. historias infantis de monteiro lobato,macetes gta san andreas pc2,claves de san andres ps2 nunca tener estreyASS,historias cortas para actuar,baiaxar jogos,obras para actuar en la escuela,obras teatrales para niños de preescolar,resumo o farol de anita malfati,tubidy música o vento balançou,ilha do farol casas para alugar



farol-3946156 O Farol

Era uma vez um farol que estava num cabo junto ao mar. Sentia-se muito triste pois julgava que não servia para nada. Via os barcos a passarem no alto mar, e parecia-lhe que nenhum deles lhe ligava importância. Ele cada vez iluminava mais os seus faróis mas os barcos, ao verem a sua luz, afastavam-se. Bem desejava que se aproximassem dele para poder conversar

Ver mais…


pedreiro O cristo

Terminada a Segunda Guerra Mundial, que deixou atrás de si muita destruição, os operários iniciaram as obras de reconstrução de uma aldeia. Começaram por restaurar as casas. Ao chegarem junto das ruínas da igreja, encontraram tudo destruído. Junto ao altar, no meio de destroços, estava um Cristo sem braços. Era uma imagem muito bela. Procuraram então por todo o lado os restos da imagem,

Ver mais…


teresinha-desenho A Santa Feia

Padre Camilo fez obras na igreja, que ficou bonita. Apenas destoava uma imagem de Nossa Senhora muito antiga, que era mesmo muito feia. O povo até lhe chamava-a Nossa Senhora Feia. Pensou em comprar uma nova para a substituir, mas o povo opôs-se, porque aquela era a imagem diante da qual rezaram os seus antepassados. Pensou em contratar um pintor para que a tornasse

Ver mais…


BONECA A Boneca

Rosa, passados cinco anos de casada, ficou viúva. O marido deixou-lhe apenas uma filha e uma grande saudade. Começou por trabalhar em tudo o que podia para poder sustentar a sua pequenina de 4 anos de idade. A menina tinha apenas uma pobre boneca de trapos. A mãe disse-lhe que, no Natal, o Menino Jesus lhe iria trazer uma boneca muito grande que falava

Ver mais…


anita Anita perdeu o seu cão Pantufa

A Anita vive no Edifício dos Abetos com o seu cão Pantufa, que acabou de perder. À frente do prédio há um parque de estacionamento, alguns bancos e espaços verdes. É aqui que as crianças brincam. Andam de bicicleta, de patins e jogam à macaca. A Anita e o Pedro moram no 3º e o Luís no 4º andar. Na entrada do prédio encontram

Ver mais…


céu estrelas A Estrelinha Sonhadora

Era uma vez uma estrelinha que gostava de viver na terra, porque já estava farta de estar no céu e só aparecer de noite. -Lua estou tão triste , eu quero ir para a terra, gostava de ser um menino para puder brincar. A lua respondeu, dizendo –lhe: -Eu não posso realizar o teu desejo. A estrelinha ainda mais triste: – Mas porque é

Ver mais…


images A Bilha de Leite

Há muitos anos, quando as pessoas simples iam vender os seus produtos às feiras e com o dinheiro comprar alguma coisa, lá ia uma jovem com uma bilha de leite à cabeça. Enquanto caminhava, fazia os seus cálculos: — Já sei o que irei fazer com o dinheiro que me derem por esta vasilha de leite. Com o dinheiro comprarei alguns ovos. Não serão

Ver mais…


palacio A Menina e o Bicho

Era uma vez um homem que tinha três filhas. Eram todas muito amigas dele, mas havia uma que ele estimava mais. Foi um dia à feira e perguntou às filhas o que é que elas queriam de lá. Uma delas disse: – Um chapéu e umas botas! A outra disse também: – Um vestido e um xaile! Mas a que ele estimava mais não

Ver mais…


quiterio Quitério Atrevido

O rapaz era esperto e atrevido. Quando, lá na aldeia, souberam que o rei vinha caçar àquela região, o rapaz decidiu: – Eu hei-de falar ao rei ou não me chame Quitério. E pôs-se a esperar pelo cortejo real, à beira da estrada. Mas o rei, que não era de pompas, apareceu a cavalo, sem escolta, vestido como qualquer um. Vendo o rapaz, que

Ver mais…


comadre morte Comadre Morte

Havia um homem que tinha tantos filhos, tantos que não havia ninguém na freguesia que não fosse compadre dele e vai a mulher teve mais um filho. Que havia do homem fazer? Foi por esses caminhos fora a ver se encontrava alguém que convidasse para compadre. Encontrou um pobrezito e perguntou-lhe se queria ser compadre dele. – Quero; mas tu sabes quem eu sou?

Ver mais…