guiones de obras teatrales chistosos

Você está a ver contos e fábulas para meninos , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa guiones de obras teatrales chistosos. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. historias infantis de monteiro lobato,macetes gta san andreas pc2,claves de san andres ps2 nunca tener estreyASS,historias cortas para actuar,baiaxar jogos,o farol anita malfatti para colorir,obras para actuar en la escuela,obras teatrales para niños de preescolar,resumo o farol de anita malfati,ilha do farol casas para alugar



farol-3946156 O Farol

Era uma vez um farol que estava num cabo junto ao mar. Sentia-se muito triste pois julgava que não servia para nada. Via os barcos a passarem no alto mar, e parecia-lhe que nenhum deles lhe ligava importância. Ele cada vez iluminava mais os seus faróis mas os barcos, ao verem a sua luz, afastavam-se. Bem desejava que se aproximassem dele para poder conversar

Ver mais…


pedreiro O cristo

Terminada a Segunda Guerra Mundial, que deixou atrás de si muita destruição, os operários iniciaram as obras de reconstrução de uma aldeia. Começaram por restaurar as casas. Ao chegarem junto das ruínas da igreja, encontraram tudo destruído. Junto ao altar, no meio de destroços, estava um Cristo sem braços. Era uma imagem muito bela. Procuraram então por todo o lado os restos da imagem,

Ver mais…


teresinha-desenho A Santa Feia

Padre Camilo fez obras na igreja, que ficou bonita. Apenas destoava uma imagem de Nossa Senhora muito antiga, que era mesmo muito feia. O povo até lhe chamava-a Nossa Senhora Feia. Pensou em comprar uma nova para a substituir, mas o povo opôs-se, porque aquela era a imagem diante da qual rezaram os seus antepassados. Pensou em contratar um pintor para que a tornasse

Ver mais…


BONECA A Boneca

Rosa, passados cinco anos de casada, ficou viúva. O marido deixou-lhe apenas uma filha e uma grande saudade. Começou por trabalhar em tudo o que podia para poder sustentar a sua pequenina de 4 anos de idade. A menina tinha apenas uma pobre boneca de trapos. A mãe disse-lhe que, no Natal, o Menino Jesus lhe iria trazer uma boneca muito grande que falava

Ver mais…


anita Anita perdeu o seu cão Pantufa

A Anita vive no Edifício dos Abetos com o seu cão Pantufa, que acabou de perder. À frente do prédio há um parque de estacionamento, alguns bancos e espaços verdes. É aqui que as crianças brincam. Andam de bicicleta, de patins e jogam à macaca. A Anita e o Pedro moram no 3º e o Luís no 4º andar. Na entrada do prédio encontram

Ver mais…


cao-com-um-osso-animais-caes-pintado-por-laila-1018985 O Cão e o Osso

Uma vez um cão roubou um osso a um carniceiro. Depois fugiu pela rua abaixo a toda a velocidade, atravessou a aldeia e as colinas, e foi ter a uma ponte de madeira sobre um regato. Parou em cima dela, ofegante, para olhar a água limpa e mansa. E deu um pulo de espanto. A olhar para ele, debaixo da água, estava outro cão.

Ver mais…


cat-wallpapers-Desktop-HD-photo-images-10 O Gatinho curioso

Em primeiro lugar, quero contar-vos como era o nosso animalzito. Tinha, nessa altura, nove semanas, e um pêlo macio avermelhado. No peito, tinha uma mancha branca, que lhe enfeitava o pêlo. As patitas. também brancas, eram engraçadas. Parecia que tinha umas botas elegantes. O nosso gatinho estava sempre disposto a pregar partidas. Estava sempre a ter ideias novas, e era incrivelmente curioso. Carta manha,

Ver mais…


borboleta_color2 Manchita, a borboleta

Vou-vos falar de uma borboleta muito especial que se chamava Manchita. Ela era especial porque era diferente de todas as suas amigas borboletas! Certo dia, no país dos insetos, as borboletas pintoras estavam muito atarefadas a fazer as pinturas das asas daquelas que ainda iam nascer! Estavam tão atarefadas que nem deram pela chegada da Distraída, uma borboleta que se chamava assim porque se

Ver mais…


mel As Senhoras de Mantinha de Seda

Havia uma viúva que tinha um filho muito aparvalhado. Um dia diz-lhe a mãe: – Vai à cidade, leva esta barranha de mel, vende-a e traz-me o dinheiro. O rapaz agarrou na barranha de mel e dirigiu-se à cidade. Pelo caminho viu-se perseguido por muitas coisas e falando nervosamente, para elas, dizia-lhes: – Se as senhoras querem comprar mel fazemos negócio, mas não me

Ver mais…


danca_arco_iris01 A dança do arco-íris

Há muito e muito tempo, vivia sobre uma planície de nuvens uma tribo muito feliz. Como não havia solo para plantar, só um emaranhado de fios branquinhos e fofos como algodão-doce, as pessoas se alimentavam da carne de aves abatidas com flechas, que faziam amarrando em feixe uma porção dos fios que formavam o chão. De vez em quando, o chão dava umas sacudidelas,

Ver mais…