Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 992

Historia da dona baratinha ilustrada

Está a visualizar Contos para dormir, Fábulas Infantis, e/ou outras publicações relacionadas com a sua pesquisa por Historia da dona baratinha ilustrada. Descubra os textos mais populares escritos em português.





Outras Histórias Relacionadas:

Dona Formiguinha

Pelo carreirinho fora A andar muito ligeira Vai a Dona Formiguinha Que é muito trabalhadeira. Nunca pára, nem se cansa, Seu celeiro quer encher Para comer no Inverno Quando estiver a chover. Cheiinha que nem um ovo A sua casinha está E no frio do Inverno Como é bom lá tomar chá. Como a Dona Formiguinha Vamos todos trabalhar P’ra depois dar de comer
Ler mais »


Bolacha Maria

Era uma vez uma bolacha Maria que disse que Maria, só Maria, não chegava. Queria ser, ao menos, Maria Emília. Bolacha Dona Maria Emília, com todo o respeito. As outras companheiras do pacote fizeram-lhe a vontade. Mas, quando uma bolacha Maria começa com exigências, oh! Oh! Nunca mais pára… — Pensando melhor, não dispenso os apelidos. Quero passar a ser tratada por Dona Maria
Ler mais »


O Cordeirinho Branco

No bosque da nossa história correu, em certa altura, a notícia de que o Cordeirinho Branco ia dar uma festa a todos os seus amigos, os animaizinhos do lugar. -Só falta o Rato -disse o senhor Pato, quando iam em grupo para a casa do Cordeirinho Branco. -Quem é que perguntou por mim? -interrogou o senhor Rato, aparecendo. -Foi o senhor Pato -disse o
Ler mais »


A Trudi e o bolo de abóbora

“Trudi, Trudi!” chamou a Dona Bela. “Sim, mãe, estou aqui”, soou a resposta vinda da sala de estar. “Trudi, esta noite ainda tenho de dar um salto a casa da senhora Hintermann. Ela ainda não se pode levantar. Vou levar-lhe uma sopa quente. Não te faz diferença ficares um bocadinho sozinha em casa, não é verdade? Não me vou demorar. “Claro que não, mãe,”
Ler mais »


O Burrinho e o Mar

Lanzudinho era um pequeno jerico que passava a vida a correr pelos campos e a brincar com os pássaros e os coelhinhos. Ele bem gostaria de ser útil aos donos, mas infelizmente achavam-no tão pequeno que só faziam troça das suas pretensões. Por isso resolveu ir correr mundo, na esperança de que o tomassem a sério. E, numa bela noite de Lua Cheia, partiu
Ler mais »


A Historia da Lebre e da Tartaruga

Era uma vez… uma lebre e um tartaruga. Um dia, estando a conversar, diz assim a lebre para o tartaruga: – Olha lá, tu não queres fazer uma corrida comigo? O tartaruga respondeu-lhe que sim. A lebre riu-se para dentro e pensou assim: -Quem vai ganhar sou eu. Ele é tão lento…! Na manhã seguinte preparam-se todos para a corrida. Quando se encontraram na
Ler mais »


A carroça

Certa manhã, bem cedo, o meu pai convidou-me para um passeio no campo, a fim de ouvir o cantar dos pássaros. Concordei com grande alegria e lá fomos. A um certo momento, depois de um breve silêncio, perguntou-me: — Estás a ouvir algo mais do que o canto dos pássaros. Apurei o ouvido e respondi: — Estou a ouvir o barulho de uma carroça,
Ler mais »


O banho do Pepi

A segunda-feira era o dia da lavagem da roupa em casa da senhora Becker. Ela acendia o fogão, fervia toda a roupa e enxaguava-a em água fria. Depois de o trabalho estar terminado, sobrava sempre uma tina cheia de água quente com sabão. Um dia, a senhora Becker pensou que era pena deitar fora toda aquela barrela preciosa. Aquela água quente podia ser utilizada
Ler mais »


Onde estava a meia perdida?

Eram sete e meia da manhã, quando a Joaninha abriu a porta da cozinha, onde a mãe preparava o pequeno-almoço. Trazia num pé uma meia branca e uma sandália. O outro pé estava descalço e ela vinha com a outra sandália na mão. “Mãe”, disse a Joaninha, “eu procurei por toda a parte, mas não consigo encontrar a outra meia.” “Não sei o que
Ler mais »


O Porquinho Comilão

O porquinho da nossa história era muito comilão. A mãe costumava ralhar com ele, com razão, porque o porquinho andava sempre à procura de alguma coisa para encher a barriga, não se importando nada que o que comesse fosse dele ou não. Era frequente ouvir a mãe dizer: – Quem é que comeu o bolo que estava guardado na despensa? -Quem é que comeu
Ler mais »



~ Search results for "historia da dona baratinha ilustrada" | Historias e Contos Infantis ~