Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

historia de pedro malasartes sopa de pedras

Você está a ver contos para meninos , contos e histórias e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa historia de pedro malasartes sopa de pedras. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



pedro e o lobo O Pedro e o Lobo

O Pedro era um pastor. O seu trabalho era tomar conta das ovelhas enquanto pastavam. Mas por vezes ficava aborrecido por estar sozinho, sem ninguém com quem brincar e falar. Um dia resolveu fazer uma brincadeira para se divertir. Desatou a gritar: – Lobo, lobo, socorro, está aqui um lobo! Os fazendeiros que ouviram a gritaria desataram a correr para ajudar o Pedro a

Ver mais…


O BANQUETE O Banquete

Um dia, uma mulher vestida de trapos velhos percorreu a cidade pedindo esmola. Não teve sorte. Uns diziam-lhe palavras ofensivas, outros davam-lhe um pedaço de pão duro, outros atiravam-lhe pedras. Apenas um casal pobre que habitava num casebre a convidou a entrar, a sentar-se à mesa, servindo-lhe uma sopa quente e mais alguma coisa. A mendiga comeu, despediu-se com um sorriso e partiu. No

Ver mais…


14088310_TajpB O ladrão

Era noite de Natal. O ladrão, disfarçado de mendigo, bate à porta de uma viúva que está a fechar as janelas para ir à missa do galo, e pede um prato de sopa. Negar um prato de sopa quente na noite de Natal? Não. Com toda a pressa, abriu a porta e mandou-o sentar à mesa enquanto foi à cozinha preparar alguma coisa para

Ver mais…


pulga A Pulga e o Piolho

Estava a pulga e o piolho em sua casa, quando a pulga resolveu sair para ir ao moinho pegar trigo. Antes de sair avisou ao Piolho: Tome cuidado Piolhinho para não cair na panela de sopa hein! O pequeno piolho achou engraçada a preocupação da amiga e riu-se a valer: – Pode deixar que tomarei cuidado e não cairei na panela! Depois que a

Ver mais…


animais4 Pedro e os Animais

Era uma vez quatro irmãos que viviam numa fazenda com seus pais. Pedro era o filho mais velho de 12 anos, Antônio tinha 10 anos, João tinha 8 e Francisca era a caçula de 6 anos. Eles adoravam brincar de correr atrás dos animais quando não estavam na escola. Antônio e João, às vezes costumavam pisar no rabo dos gatos da fazenda ou até

Ver mais…


apenas um rapaz Apenas um Rapaz

Era uma vez um rapaz bravio que gostava de pregar partidas e fazer malandrices, só por embirração. Era muito antipático este rapaz. Mas emendou-se. Eu conto como foi. Um dia, por maldade, deu-lhe na cabeça atormentar uma pobre velhota, que vivia numa casinha pobre, à beira do povoado. Foi para uma pedreira que havia perto e pôs-se a atirar pedras e pedregulhos, que iam

Ver mais…


6595462_1 Os Computadores

Era uma vez um homem bom. Morreu e foi bater à porta do Paraíso. Foi atendido por S. Pedro. Utilizou o computador para ver quais os dados referentes à vida deste homem na terra, mas o seu nome não figurava nas listas. Perguntou então a esse homem: — Tu foste baptizado? — Não. — Então não eras cristão. Aqui não há lugar para ti.

Ver mais…


raposa A Raposa e a Cegonha

Aconteceu um dia da comadre Raposa convidar a Cegonha para jantar. Com as manhas de matreira que é, preparou comida líquida, uma sopa e uma papa de sobremesa que escorreu em prato raso… A Cegonha fez de tudo para provar, picava o prato com o bico, mas nada! Voltou com fome pro ninho. Dali que resolveu bem resolvido pagar a Raposa com a mesma

Ver mais…


floresta encantada A Floresta Enfeitiçada

Era uma vez um Gnomo que vivia nas profundezas de uma Floresta encantada. A sua única companhia, para além das árvores e das flores que cobriam a sua casinha, era um Gato preto. Um dia, estava o Gnomo a cuidar das suas plantas, quando apareceu o Gato com um ar muito preocupado: – Gnomo, Gnomo, nem imaginas o que aconteceu! – Porque estás tão

Ver mais…


coruja Joquinha e a Coruja Felizberta

No jardim da casa do menino Joquinha viviam borboletas,passarinhos,grilos,formigas, todos muito felizes! Ah!! E também, a coruja Felizberta!! Estava muito velhinha e já não brincava, mas nunca deixou de cantar. Ela morava na linda macieira do jardim. Que sorte ele tinha por viver rodeado de alegrias. Da janela do seu quarto avistou um chapéu azul com grandes abas a voar, e pensou: “A Gegoca

Ver mais…