Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

historia del teatro desde grecia hasta la actualidad

Você está a ver contos para meninos , contos e fábulas para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa historia del teatro desde grecia hasta la actualidad. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



buque-de-flor-18_47182 O ramo de flores

A velhinha, de rosto sereno e tranquilo, desde que morrera o seu marido, passou a viver numa residência para idosos. Não tinha nenhum parente com quem pudesse viver. As pessoas constatavam que, na época do Natal, aquela mulher recebia sempre uma encomenda e um ramo de flores. Abria-a com alegria diante das colegas e dizia sempre estas palavras: — Estais a ver? Ele mais

Ver mais…


elefante3 Os Elefantes

Há muitos anos havia no mundo elefantes negros e elefantes brancos. Amavam os outros animais mas odiavam-se entre si. Os brancos viviam num lado e os negros no lado oposto. Um dia, os elefantes negros decidiram matar os elefantes brancos e os elefantes brancos decidiram matar os elefantes negros. Havia elefantes de ambos os grupos que queriam fazer as pazes, mas esses tiveram de

Ver mais…


carica Uma Carica e Tanto

Vou contar-vos, hoje, a história desta carica. Não é uma carica qualquer. Desde que nascera que sabia que estava reservada para altos destinos. Descendia da lata, pois descendia, mas à lata não voltaria. Amoldada, como milhares das suas irmãs, à boca de uma garrafa, foi à vida com a garrafa a que a juntaram. Um dia, uma pressão – tche! E rua, chão… Chão

Ver mais…


comadre morte A Morte e o desgraçado

De feixes de Montano assoberbado Pobre Matteiro, que co’a carga verga Vinha gemendo, a passos mal seguros, Em busca da palhoça fumarenta. Mais nao podendo já, débil, anciado, Deita os feixes no chão, recorda penas. (Mat) Soube eu, desde que hei nascido, o que era gosto? Há quem mais pobre que eu, no mundo seja? Nunca hora de descanso, e o pão nem sempre!

Ver mais…


la-liebre-y-la-tortuga A Historia da Lebre e da Tartaruga

Era uma vez… uma lebre e um tartaruga. Um dia, estando a conversar, diz assim a lebre para o tartaruga: – Olha lá, tu não queres fazer uma corrida comigo? O tartaruga respondeu-lhe que sim. A lebre riu-se para dentro e pensou assim: -Quem vai ganhar sou eu. Ele é tão lento…! Na manhã seguinte preparam-se todos para a corrida. Quando se encontraram na

Ver mais…


gato e rato Como o gato e o rato tornaram-se inimigos

O gato era amigo de um rato peludo. … e partilhavam tudo: da comida ao abrigo. O que um pedia, o outro fazia de dia ou de noite, com a mesma empatia. Para exaltarem a amizade cada um pôs para si um apelido parecido: O gato chamou-se Gato e o rato chamou-se Rato. É só tirar o G e o R, que logo se

Ver mais…


barulho A carroça

Certa manhã, bem cedo, o meu pai convidou-me para um passeio no campo, a fim de ouvir o cantar dos pássaros. Concordei com grande alegria e lá fomos. A um certo momento, depois de um breve silêncio, perguntou-me: — Estás a ouvir algo mais do que o canto dos pássaros. Apurei o ouvido e respondi: — Estou a ouvir o barulho de uma carroça,

Ver mais…


semana32 O direito à vida

Numa Faculdade de Medicina, o professor propôs aos alunos a seguinte situação. — Baseados nas considerações que passo a enumerar, que conselhos dariam a uma senhora, grávida do quinto filho? O marido sofre de sífilis e ela de tuberculose. O seu primeiro filho nasceu cego. O segundo morreu. O terceiro nasceu surdo. O quarto é tuberculoso e ela está a pensar seriamente em abortar.

Ver mais…


bananas_animated_1-620x349 As bananas

Um viajante resolveu passar algumas semanas num mosteiro do Nepal. Certa tarde, entrou num dos muitos templos do mosteiro e encontrou um monge sorridente, sentado junto do altar. Perguntou ao monge: — Por que é que está a sorrir? O monge abriu uma bolsa que trazia consigo e disse: — Porque descobri o significado das bananas. O viajante, admirado, perguntou: — Não estou a

Ver mais…


La rana que quizo ser grande como el buey A Rã e o Touro

Uma tarde, andava um grande Touro passeando ao longo da água, e vendo-o a Rã tão grande, tocada de inveja, começou a comer, e a inchar-se com vento, e perguntava às outras rãs se era já tão grande como parecia? Responderam elas: Não!!! Pensa a Rã segunda vez, e põe mais força por inchar; e aborrecida por faltar muito para se igualar o Touro

Ver mais…