historia infantil sobre o vento

Você está a ver contos e fábulas para meninos , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa historia infantil sobre o vento. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. desenho de ARVORE,contos de natal infantil,arvore para colorir,arvore desenho,conto de natal infantil,desenho de árvore para colorir,desenho de uma árvore,desenhos de arvores para colorir,desenho arvore,desenhos de árvores



Desenho da Árvore com Maças


raposa e tambor A Raposa e o Tambor

Conta-se que uma raposa esfomeada chegou a um bosque onde, ao lado de uma árvore, havia um tambor, que soava furiosamente cada vez que, ao sopro do vento, os ramos da árvore se moviam e batiam nele. Ao ouvir tal ruído, a raposa dele se aproximou e, já em frente ao tambor, pensou: “Este deve conter muita carne e muita gordura.” Lançou-se sobre ele

Ver mais…


raposa A Raposa e o Tambor

Conta-se que uma raposa esfomeada chegou a um bosque onde, ao lado de uma árvore, havia um tambor, que soava furiosamente cada vez que, ao sopro do vento, os ramos da árvore se moviam e batiam nele. Ao ouvir tal ruído, a raposa dele se aproximou e, já em frente ao tambor, pensou: “Este deve conter muita carne e muita gordura.” Lançou-se sobre ele

Ver mais…


Sobre nós

A internet é um mundo gigantesco, e nem sempre é possível encontrar historias, actividades,  desenhos … para as crianças. Este site surgiu dessa necessidade feitos por amantes de histórias para crianças, e é totalmente dedicado aos mais novos. Aqui é fácil encontrar histórias, fábulas, lendas, contos, desenhos… e muito mais!!! E o melhor é que este site quer que participes, que nos ajudes a colorir

Ver mais…


La rana que quizo ser grande como el buey A Rã e o Touro

Uma tarde, andava um grande Touro passeando ao longo da água, e vendo-o a Rã tão grande, tocada de inveja, começou a comer, e a inchar-se com vento, e perguntava às outras rãs se era já tão grande como parecia? Responderam elas: Não!!! Pensa a Rã segunda vez, e põe mais força por inchar; e aborrecida por faltar muito para se igualar o Touro

Ver mais…


folha-verde-8614582 A Folha Orgulhosa

Era uma vez uma folha que não se dava bem com as suas companheiras. Era mesmo muito egoísta e orgulhosa. Julgava-se a mais importante de todas. E sonhava em deixar as companheiras e ir passear pelo mundo. Uma manhã em que fazia muito vento, as folhas agarravam-se umas às outras para não se separarem da árvore. Mas a folha orgulhosa aproveitou a ocasião para

Ver mais…


la-liebre-y-la-tortuga A Lebre e a Tartaruga

“Apostemos, disse à lebre A tartaruga matreira, Que eu chego primeiro ao alvo Do que tu, que és tão ligeira!” Dado o sinal da partida, Estando as duas a par, A tartaruga começa Lentamente a caminhar. A lebre, tendo vergonha De correr diante dela, Tratando uma tal vitória De pêta ou de bagatela, Deita-se, e dorme o seu pouco; Ergue-se, e põe-se a observar

Ver mais…


lecorbeauetlerenard_11 A Raposa e o Corvo

Um corvo que passeava pelo campo, apanhou um pedaço de queijo que estava no chão e fugiu, acabando por pousar sobre uma árvore. A raposa observando-o de longe sentiu uma enorme inveja e desejou de todo, comer-lhe o queijo. Assim pós-se ao pé da árvore e disse: Por certo que és formoso, e gentil-homem, e poucos pássaros há que te ganhem. Tu és bem-disposto

Ver mais…


ARVORE A LINDA FOLHINHA DE OUTONO

Era uma vez uma folhinha que nasceu num dia ensolarado de Primavera, era a folhinha mais verdinha e bonita de um velho diospireiro, vivia presa num ramo da árvore com as suas irmãzinhas. Todos os dias a folhinha brincava com as suas irmãzinhas presas no ramo do velho diospireiro, bailavam ao sabor da brisa do vento e gargalhavam pela vida feliz que tinham. O

Ver mais…


peace_pipe_classic O Cachimbo

Uma vez, um grupo de jovens em passeio pelo campo, encontrou enterrado um estranho objecto muito antigo. Depois de o examinarem, pareceu-lhes que era esse tal cachimbo da paz de que já tinham ouvido falar. Ao regressarem a suas casas, quiseram ver se funcionava. Meteram-lhe tabaco e acenderam-no. Imediatamente a casa se encheu de um estranho fumo amarelo. E cada vez saía mais fumo.

Ver mais…