jogos de tunar gol g1 g2 g3 g4 g5

Você está a ver contos e histórias , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa jogos de tunar gol g1 g2 g3 g4 g5. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. historias para adormecer crianças,historias de ursos,fabulas inventadas por alunos,historia de ursos,historia de urso infantil,historias infantes,historias sobre ursos,historia de ursinhos,histórias de urso,peperonity 240x400



urso O Urso Mário

Numa pequena casa no cimo de um monte, um pouco afastada da aldeia, vivia uma família de ursos. Era constituída por Ursão, o pai-urso, Ursolina, a mãe-ursa, e por três ursinhos chamados Úrsula, Úrsica e Ursino. Certo dia, os papás-ursos souberam que ia haver um concurso de dança para ursos na cidade mais próxima. Ursão e Ursolina não queriam faltar, pois eram uns dançarinos

Ver mais…


gato fadista Bolinhas O Gato Fadista

Filipe era um rapaz que fazia amizade com todos os meninos do seu lugar. Vivia nas Termas de São Pedro do Sul. Eram sortudos os meninos daquela aldeia, pois no Inverno tinham um lugar sempre quentinho onde podiam fazer as suas brincadeiras! A temperatura era muito agradável. Espertos, juntavam-se em grupo e brincavam por cima de uma laje onde nasce a água quente que

Ver mais…


pinoquio (1) O Pinóquio

Numa aldeia italiana vivia Gepeto, o melhor relojoeiro do mundo. Um dia construiu um boneco quase perfeito…! -Serás o filho que não tive, e vou chamar-te Pinóquio. Nessa noite a Fada Madrinha visitou a oficina de Gepeto. Tocando Pinóquio com a varinha mágica disse: – Vou-te dar vida, boneco. Mas deves ser sempre bom e verdadeiro! No dia seguinte Gepeto apercebeu-se que os seus

Ver mais…


CI-Ryan-Snook_Baseball-through-window_s4x3_lg O vidro partido

“Vamos brincar lá para baixo, para o pátio”, disse a Heidi à sua amiguinha Ivone. “Há lá espaço suficiente para podermos atirar com a bola para longe, e correr atrás dela”. A Ivone estava de acordo; por isso lá foram ambas pela escada abaixo, de mão dada. Era realmente um belo campo de jogos. A relva tinha sido cortada rente, e não havia pedras

Ver mais…


natal hipermercado Natal no Hipermercado

Muito gostava o Rodrigo de ir à caixa de correio. Quando o Natal se aproximava, estava sempre tão cheia que alguns papéis coloridos ficavam entalados na fresta estreita e comprida. O rapaz puxava-os, mesmo antes de dar a volta à chave, no entusiasmo de descobrir coisas maravilhosas, que apetecia mesmo comprar. Subia no elevador com meia dúzia de envelopes brancos, sem graça nenhuma, e

Ver mais…


16457018_anZR1 A vírgula

Era uma vez uma vírgula aborrecida com a pouca consideração em que toda a gente a tinha. Nem sequer as crianças das escolas lhe davam importância. Não gostava nada de ser apenas um pequeno sinal que se põe na escrita mas não se lê. Um dia, cansada desta falta de apreço, a vírgula decidiu revoltar-se. E fê-lo da seguinte maneira: O Presidente de uma

Ver mais…


céu estrelas A Estrelinha Sonhadora

Era uma vez uma estrelinha que gostava de viver na terra, porque já estava farta de estar no céu e só aparecer de noite. -Lua estou tão triste , eu quero ir para a terra, gostava de ser um menino para puder brincar. A lua respondeu, dizendo –lhe: -Eu não posso realizar o teu desejo. A estrelinha ainda mais triste: – Mas porque é

Ver mais…


images A Bilha de Leite

Há muitos anos, quando as pessoas simples iam vender os seus produtos às feiras e com o dinheiro comprar alguma coisa, lá ia uma jovem com uma bilha de leite à cabeça. Enquanto caminhava, fazia os seus cálculos: — Já sei o que irei fazer com o dinheiro que me derem por esta vasilha de leite. Com o dinheiro comprarei alguns ovos. Não serão

Ver mais…


palacio A Menina e o Bicho

Era uma vez um homem que tinha três filhas. Eram todas muito amigas dele, mas havia uma que ele estimava mais. Foi um dia à feira e perguntou às filhas o que é que elas queriam de lá. Uma delas disse: – Um chapéu e umas botas! A outra disse também: – Um vestido e um xaile! Mas a que ele estimava mais não

Ver mais…


quiterio Quitério Atrevido

O rapaz era esperto e atrevido. Quando, lá na aldeia, souberam que o rei vinha caçar àquela região, o rapaz decidiu: – Eu hei-de falar ao rei ou não me chame Quitério. E pôs-se a esperar pelo cortejo real, à beira da estrada. Mas o rei, que não era de pompas, apareceu a cavalo, sem escolta, vestido como qualquer um. Vendo o rapaz, que

Ver mais…