Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

manha gta san andreas pc barco

Você está a ver contos , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa manha gta san andreas pc barco. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



garfield-praia A Paz Do Pescador

Um homem rico. numa manhã de sol, foi passear junto à praia. Viu um pescador que, depois de ter vendido todo o seu peixe, se recostou tranquilamente junto do seu barco. Calmamente, contemplava o mar e fumava o seu charuto. O rico aproximou-se dele e perguntou-lhe: — Por que não sais de novo a pescar? — Porque já pesquei hoje o suficiente. — Mas

Ver mais…


69cb590431680950800907bbc4b6717c O Barqueiro

Era uma vez um barqueiro que se ocupava todos os dias a transportar pessoas de uma margem do rio para outra. O rio era largo e com algumas dificuldades. Correntes, remoinhos perigosas e rochas no fundo. Um dia, teve um cliente muito especial. Era um senhor de ares altivos de intelectual, desses que sabem tudo. Enquanto o barco deslizava suavemente, o sábio perguntou ao

Ver mais…


menino-com-mochila-festas-colegio-pintado-por-besta-1040784 O Menino Sortudo

Numa aldeia viviam dois amigos -um era o Tretas, um miúdo muito trocista e fanfarrão, o outro era um rapazinho mais novo, muito tímido, chamado Zéquinhas. O mais velho andava sempre a pregar partidas ao outro. Assim, um dia em que o Zéquinhas estava a pescar no rio, o Tretas resolveu rir-se dele. -Vou desenhar um mapa a fingir que é o mapa do

Ver mais…


farol-3946156 O Farol

Era uma vez um farol que estava num cabo junto ao mar. Sentia-se muito triste pois julgava que não servia para nada. Via os barcos a passarem no alto mar, e parecia-lhe que nenhum deles lhe ligava importância. Ele cada vez iluminava mais os seus faróis mas os barcos, ao verem a sua luz, afastavam-se. Bem desejava que se aproximassem dele para poder conversar

Ver mais…


cachinhos-dourados-figura0a O fugitivo

Numa pequena cidade, um pai teve uma grande discussão com o filho. Veio a noite e os dois continuavam sem se falar. Foram deitar-se sem ter coragem de fazer as pazes. Na manhã seguinte, descobriu que a cama do filho estava vazia e ele tinha fugido de casa. Vencido pelos remorsos, esse pai meteu a mão na consciência e concluiu que o seu filho

Ver mais…


run A Pressa

Uma vez, um Mestre de sabedoria olhou para a rua e viu um dos seus alunos a andar muito apressado, de um lado para o outro. Chamou-o e perguntou-lhe: — Haikel, já paraste hoje um momento esta manhã para olhar para o céu? Ele respondeu: — Não, Mestre. Continuou: — E já viste a estrada esta manhã? — Sim, Mestre. — E que vistes

Ver mais…


nuvem-feliz_21200966 A nuvem

Era uma vez um menino sem família que se sentia muito só e triste. Muitas vezes olhava para o céu e punha-se a chorar. Uma nuvem que passou, ao ver a criança, teve pena e perguntou ao sol: — O que é que aconteceu a este menino? O sol respondeu: — Não sei. Também o vejo chorar muitas vezes mas não sei o motivo.

Ver mais…


folha-verde-8614582 A Folha Orgulhosa

Era uma vez uma folha que não se dava bem com as suas companheiras. Era mesmo muito egoísta e orgulhosa. Julgava-se a mais importante de todas. E sonhava em deixar as companheiras e ir passear pelo mundo. Uma manhã em que fazia muito vento, as folhas agarravam-se umas às outras para não se separarem da árvore. Mas a folha orgulhosa aproveitou a ocasião para

Ver mais…


dragão Os Quatro Irmãos Habilidosos

Um pobre homem que, como não tinha nada para oferecer aos seus quatro filhos, pediu-lhes para irem mundo fora e aprenderem um ofício. Os quatro irmãos despediram-se do seu pai e partiram. Ao chegar a um cruzamento, decidiram separar-se, mas combinaram encontrar-se nesse mesmo lugar passados quatro anos. O irmão mais velho encontrou-se com um homem que lhe perguntou onde é que ele ia.

Ver mais…


sugar-cubes Um Pretinho chamado Açúcar

Um pretinho corria através da selva. O corpo dele estava cheio de arranhaduras. Um missionário que passava, não longe de casa, a fim de repousar um pouco do seu trabalho extenuante, avistou o pequeno fugitivo assustado. Ficou não pouco admirado ao ver o rapazito correr direito a ele, a gritar; “Homem branco! Homem branco! Salva-me!” O missionário estendeu os braços ao pequenito tremente e

Ver mais…