Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 992

Momento historico da semana da arte moderna

Está a visualizar Histórias para crianças, Fábulas Infantis, e/ou outras publicações relacionadas com a sua pesquisa por Momento historico da semana da arte moderna. Descubra os textos mais populares escritos em português.





Outras Histórias Relacionadas:

A Boa Notícia

Um famoso jogador de ténis, depois de vencer uma partida e de receber o cheque, foi para os balneários. Pouco depois, saía em direcção ao seu carro quando foi abordado por uma jovem, que lhe disse: — O meu filhinho está a morrer. Não tenho dinheiro para pagar os remédios. Não me pode ajudar. O jogador, comovido com a sua história, passa-lhe um cheque,
Ler mais »


A Santa Feia

Padre Camilo fez obras na igreja, que ficou bonita. Apenas destoava uma imagem de Nossa Senhora muito antiga, que era mesmo muito feia. O povo até lhe chamava-a Nossa Senhora Feia. Pensou em comprar uma nova para a substituir, mas o povo opôs-se, porque aquela era a imagem diante da qual rezaram os seus antepassados. Pensou em contratar um pintor para que a tornasse
Ler mais »


O escultor

Um amigo do famoso escultor Miguel Ângelo aproximou-se dele na sua oficina e disse-lhe: — Miguel, acho que não passas de um grande preguiçoso disfarçado de escultor. Miguel Ângelo ficou surpreendido e exclamou: — Não sei em que te baseias para me classificar de preguiçoso, pois eu trabalho dia e noite. O amigo retorquiu: — Estive aqui a semana passada e encontrei-te a esculpir
Ler mais »


As bananas

Um viajante resolveu passar algumas semanas num mosteiro do Nepal. Certa tarde, entrou num dos muitos templos do mosteiro e encontrou um monge sorridente, sentado junto do altar. Perguntou ao monge: — Por que é que está a sorrir? O monge abriu uma bolsa que trazia consigo e disse: — Porque descobri o significado das bananas. O viajante, admirado, perguntou: — Não estou a
Ler mais »


O Barqueiro

Era uma vez um barqueiro que se ocupava todos os dias a transportar pessoas de uma margem do rio para outra. O rio era largo e com algumas dificuldades. Correntes, remoinhos perigosas e rochas no fundo. Um dia, teve um cliente muito especial. Era um senhor de ares altivos de intelectual, desses que sabem tudo. Enquanto o barco deslizava suavemente, o sábio perguntou ao
Ler mais »


A Mosca e a Formiga

Uma mosca importuna contendia Com a negra formiga, e lhe dizia: “Eu ando levantada lá nos ares, E tu por esse chão sempre a arrastares: Em palácios estou de grande altura, Tu debaixo da terra em cova escura: A minha mesa é rica e delicada; Tu róis grãos de trigo e de cevada; Eu levo boa vida, e tu, formiga, Andas sempre em trabalho
Ler mais »


A teia de aranha

Uma vez, uma psicóloga quis fazer uma experiência. Na sala de visitas de sua casa, colocou uma grande teia de aranha. Qualquer pessoa que entrasse, inevitavelmente tinha que a ver. Ela observaria, discretamente, o que diziam. Entraram durante a semana pessoas desconhecidas. A psicóloga foi escutando. Eis algumas das expressões que ouviu dessas pessoas: — Esta mulher deve ser muito distraída. Não vê como
Ler mais »


Os comentários

Numa tarde de domingo, viaja no comboio uma jovem de uns vinte anos, vestida com simplicidade, com aspecto de quem está cansada e cheia de sono. Aproveita para dormir. Ao lado, viajam umas senhoras elegantes que regressam de uma festa de aniversário. Uma delas não gosta de estar ao lado da jovem e diz em voz baixa para as outras: — Esta deve ser
Ler mais »


As Pílulas

Uma mulher apresentou-se ao psicólogo e disse-lhe: — Pode ajudar-me pois tenho um grande problema. O psicólogo, solícito, perguntou: — Então de que problema se queixa? A mulher continuou: — Tenho muitas dificuldades com o meu marido. Todas as noites, quando chega a casa, começamos a discutir, e é ver quem fala mais alto. O psicólogo, respondeu: — A cura é fácil. A mulher,
Ler mais »


A Flor

Uma vez, um homem desiludido da vida sentou-se num banco do jardim. Sentia-se um desgraçado e até chegou a pensar no suicídio. A um certo momento, apareceu-lhe na frente um menino ofegante, que andava por ali a brincar, e ofereceu-lhe uma flor, dizendo; — Esta linda flor é para si. Agarre nela. A flor nem era nada bonita e já estava murcha. Recusou e
Ler mais »



~ Search results for "momento historico da semana da arte moderna" | Historias e Contos Infantis ~