Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

nome de animal com sete letras

Você está a ver contos para meninos , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa nome de animal com sete letras. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



vogais As vogais também falam

Vou contar-vos a história das vogais. Na terra das letras existiam cinco letrinhas muito vaidosas que se chamavam vogais. Elas eram o A, o E, o I, o O, e o U. Ah, mas não me posso esquecer da Laura. A Laura era uma menina que andava a estudar as vogais e que as levava consigo de casa para a escola e da escola

Ver mais…


por escrever o titulo Os Cegos

Era uma vez uma cidade onde todos os habitantes eram cegos. Passou por ali um rei que trazia consigo um grande e imponente elefante. Foi um grande acontecimento, pois nunca naquelas paragens tinha estado um elefante. Três pessoas aproximaram-se com o desejo de conhecer esse animal. Como eram cegos, quiseram apalpá-lo. E uns tocaram num membro, outros noutro, ficando cada qual a conhecer apenas

Ver mais…


antilope2-620x500 O doentinho que se tornou um bom amigo

Peter, o nosso fiel cão de guarda, dava uma quantidade de saltos entre a erva alta da estepe africana. De repente, estacou a farejar. Então, olhou para trás e ganiu baixinho. A minha filhita Suzi e eu, dávamos nesse dia um passeio de exploração. Pelo menos era esse o nome que a família lhe dava. O cão estava todo entusiasmado. A Suzi apressou-se a

Ver mais…


ogatoeogalo O Gato e o Galo

Certa dia, um pequeno ratinho ainda a aprender os mistérios e dilemas da vida de um rato adulto, viu um gato e achou este um animal bonito e elegante, pois o seu pêlo aparentava ser macio e os seus olhos eram verdes escuros como duas azeitonas. No entanto, ao encontrar um galo noutra direção assustou-se, pois o bicho para ele era horrível de aparência,

Ver mais…


6595462_1 Os Computadores

Era uma vez um homem bom. Morreu e foi bater à porta do Paraíso. Foi atendido por S. Pedro. Utilizou o computador para ver quais os dados referentes à vida deste homem na terra, mas o seu nome não figurava nas listas. Perguntou então a esse homem: — Tu foste baptizado? — Não. — Então não eras cristão. Aqui não há lugar para ti.

Ver mais…


fada-mundial O Gosto das Bruxas

Era uma vez uma menina que estava presa na torre mais alta de um castelo. Ela era uma princesa, mas não lhe valia de nada, porque perdera os seus pais e o reino, numa guerra que o dono do castelo, já se vê, é que ganhara. Ainda era o tempo das fadas. Por isso a menina disse, para que as paredes ouvissem: — Se

Ver mais…


Tutti frutti pequenas histórias para saborear002 As recordações

Realizou-se um encontro de Antigos Alunos da Faculdade. Quando chegou o momento de recordarem episódios do passado que jamais esquecerão, um deles contou o seguinte: Durante o meu primeiro ano da Faculdade, um nosso professor deu-nos um questionário. Eu era bom aluno e respondi rapidamente a todas as questões até chegar à última. Perguntava assim: – Qual é o primeiro nome da mulher que

Ver mais…


el-sastrecillo-valiente Alfaiate Valente

Há muito, muito tempo, um alegre alfaiate de quem todos gostavam, porque era muito bom e generoso, ainda que as pessoas não o levassem muito a sério, porque era um grande gabarolas e tinha o hábito de exagerar quando contava as suas aventuras. Um certo dia, o alfaiate estava a coser, muito contente porque lhe tinham oferecido um bolo, que ia comer quando acabasse

Ver mais…


images (1) O Desconhecido

Uma vez, um criminoso acabado de sair da prisão, vagueava pelas ruas à procura de abrigo. Foi bater à porta de um albergue mas não lhe abriram a porta, dizendo que já não havia lugar. Cheio de fome e de frio, foi deitar-se na soleira da porta de uma casa. Mas veio o dono e atiçou-lhe o cão. Entretanto, fez-se noite. Vendo uma grande

Ver mais…


raposa e busto A Raposa e o Busto

Era um busto famoso, um todo teatral… Por entre a multidão, o burro, esse animal Que não sabe julgar senão as aparências, Gabava da escultura as raras excelências. A raposa, porém, um tanto mais sabida, Aproxima-se e diz: “Não vi, por minha vida, Cabeça tão perfeita!… É mágoa verdadeira A falta que lhe faz lá dentro a mioleira!” Aos centos, pelo mundo, os homens

Ver mais…