Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1291

novo jogo naruto para ps2

Você está a ver contos para meninos , contos e histórias e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa novo jogo naruto para ps2. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



A Boa Notícia

Um famoso jogador de ténis, depois de vencer uma partida e de receber o cheque, foi para os balneários. Pouco depois, saía em direcção ao seu carro quando foi abordado por uma jovem, que lhe disse: — O meu filhinho está a morrer. Não tenho dinheiro para pagar os remédios. Não me pode ajudar. O jogador, comovido com a sua história, passa-lhe um cheque,

Ver mais…


O otimista

Era uma vez dois gémeos. Um deles era muito optimista. Para ele, tudo corria sempre ás mil maravilhas. O outro era muito pessimista. Não via nada de positivo. Os pais, preocupados, consultaram um psicólogo, que lhes disse: — No dia de anos, quando chegar o momento de abrir as prendas, ponham-nos em quartos separados. Dêem ao pessimista os melhores presentes possíveis e ao optimista

Ver mais…


A Paciência

Um imperador da China escolheu um homem seu amigo para governador de uma província. Este novo governador, antes de assumir funções, pediu ao imperador, seu amigo, um bom conselho para exercer bem este novo cargo. O imperador, disse-lhe: — Recomendo-te que, sobretudo, tenhas muita paciência. Assim terás menos dificuldades a enfrentar. O novo governador disse-lhe que não se esqueceria dessas palavras. Mas o imperador,

Ver mais…


O Dragão Cor-De-Violeta

Era uma vez uma floresta enorme e muito antiga, onde moravam muitos animais, e todos viviam satisfeitos. Tinham tudo aquilo de que precisavam e não eram incomodados pelos homens, pois estes ainda não tinham descoberto esta floresta. Só evitavam a parte norte da floresta. Segundo uma antiga lenda, havia aí um terrível dragão cor-de-violeta que comia tudo o que lhe aparecia à frente. Nunca

Ver mais…


As Rosas

Os habitantes daquela terra não sabiam o que eram rosas. Um dia, apareceu lá um peregrino que lhes falou com tanto entusiasmo das rosas, que todos ficaram com imenso desejo de as conhecer. O peregrino regressou à sua terra e voltou trazendo rosas. Porém, como o caminho era longo, as rosas murcharam e o vento levou as suas pétalas. O peregrino regressou de novo

Ver mais…


O Quarto Cheio

Era uma vez um homem que tinha três filhos. Quando chegou à velhice, quis saber qual deles era o mais inteligente. Deu a cada um dez moedas, dizendo-lhes: — Ide comprar alguma coisa que encha o meu quarto vazio. Saíram e foram à feira com o objectivo de cumprir o desejo do pai. O filho mais velho comprou a primeira coisa que viu, ou

Ver mais…


A Paz Do Pescador

Um homem rico. numa manhã de sol, foi passear junto à praia. Viu um pescador que, depois de ter vendido todo o seu peixe, se recostou tranquilamente junto do seu barco. Calmamente, contemplava o mar e fumava o seu charuto. O rico aproximou-se dele e perguntou-lhe: — Por que não sais de novo a pescar? — Porque já pesquei hoje o suficiente. — Mas

Ver mais…


João Bochechas

Era dois mil e cinco. O mundo apresentava-se às riscas e as pessoas comunicavam através do amor. As nuvens desfilavam em banda, assemelhando-se a algodão doce de feira. Era manhã de quinta-feira. O sol queimava a roupa das gentes, as praias enchiam-se de brincadeiras, e os piqueniques eram aos montes. O planeta parecia feliz. Aparentava estar de bem com a vida. E, nessa mesma

Ver mais…


O chapéu de palha da Rute

A maior parte do tempo, a Rute era uma boa menina; mas algumas vezes era teimosa e caprichosa. Então, era-lhe difícil obedecer à mãe. Um dia a mãe voltou da cidade, onde tinha ido fazer toda a espécie de compras. Também tinha trazido algumas coisas para a Rute, especialmente um lindo chapéu de verão. Era um belo chapéu de palha, enfeitado com uma fita

Ver mais…


O melhor e o pior

O rei chamou um dos seus criados e disse-lhe: — Vai por todas as cidades e aldeias do meu reino e traz-me a coisa melhor que encontrares. Pouco tempo depois, o criado regressava com uma língua numa bandeja. E disse ao rei: — Majestade, a língua é a melhor coisa. Com ela os crentes louvam a Deus, os namorados falam de amor, os educadores

Ver mais…