objetos que comecam com a letra y em portugues

Você está a ver contos , contos e histórias e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa objetos que comecam com a letra y em portugues. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. fabulas de animais,contos infantis para imprimir,história dos tres porquinhos resumida,casa dos tres porquinhos,histórias infantís para ler,resumo da historia dos tres porquinhos,casa dos tres porquinhos para colorir,casas dos tres porquinhos,fabula de animais,desenho tres porquinhos



Desenho dos Três Porquinhos para Colorir

Os Três Porquinhos é um conto de fadas cujos personagens são exclusivamente animais. As primeiras edições do conto datam do século XVIII, porém, imagina-se que a história seja muito mais antiga. O conto se tornou mais conhecido graças à versão em animação feita pela Disney em 1933. Foi o filme que introduziu nome para os porquinhos – Cícero, Heitor e Homero (Prático em português)

Ver mais…


vogais As vogais também falam

Vou contar-vos a história das vogais. Na terra das letras existiam cinco letrinhas muito vaidosas que se chamavam vogais. Elas eram o A, o E, o I, o O, e o U. Ah, mas não me posso esquecer da Laura. A Laura era uma menina que andava a estudar as vogais e que as levava consigo de casa para a escola e da escola

Ver mais…


Pais-Separados-Como-Agir-Com-Os-Filhos Os Pais Separados

Uma dia, o professor convocou o pai e a mãe do Duarte para uma reunião acerca do insucesso escolar do seu filho. Os pais viviam separados e, por conseguinte, nem um nem outro sabiam que se iriam encontrar. Duarte fora sempre um aluno feliz, cooperante. Por isso, o professor interrogava-se: «Como irei convencer estes pais separados, a pensar no divórcio, que este mau aproveitamento

Ver mais…


ritinha As aventuras de Ritinha

Era uma vez, uma menina muito criativa chamada Ritinha. Sua criatividade era tão grande que, por algumas vezes, ela se metia em encrencas. Todas as férias escolares e feriados prolongados, Ritinha e seus quatro irmãos iam para a fazenda de sua bisavó, Maria. Como toda fazenda, não lhes faltava lugares interessantes para brincar e deixar a imaginação voar solta! A turminha era sempre a

Ver mais…


natal hipermercado Natal no Hipermercado

Muito gostava o Rodrigo de ir à caixa de correio. Quando o Natal se aproximava, estava sempre tão cheia que alguns papéis coloridos ficavam entalados na fresta estreita e comprida. O rapaz puxava-os, mesmo antes de dar a volta à chave, no entusiasmo de descobrir coisas maravilhosas, que apetecia mesmo comprar. Subia no elevador com meia dúzia de envelopes brancos, sem graça nenhuma, e

Ver mais…


menino soldado Menino-soldado

Nos belos olhos azuis do menino do Congo, a esperança naufragada procurava, ansiosamente, uma praia. Ele ainda não sabia que uma insaciável sede de lucro e de poder não parava de moer e de reduzir a pó o seu direito de viver e de ser feliz. O ouro e os diamantes, que feriam as mãos dos seus pais, nas minas, transformaram-se em armas para

Ver mais…


029 Os três cabelos de ouro do diabo

Há muitos e muitos anos, numa casinha pobre, nasceu um menino bonito e forte, mas que, ao contrário de todas as outras crianças, nasceu com todos os dentes na boca. Os pais, assim que o viram, ficaram muito assusta-os, pensando se tratar de alguma bruxaria. As vizinhas, entretanto, os tranquilizaram, dizendo que nascer com dentes era sinal de boa sorte. E uma delas, que

Ver mais…


lamb O Cordeirinho Branco

No bosque da nossa história correu, em certa altura, a notícia de que o Cordeirinho Branco ia dar uma festa a todos os seus amigos, os animaizinhos do lugar. -Só falta o Rato -disse o senhor Pato, quando iam em grupo para a casa do Cordeirinho Branco. -Quem é que perguntou por mim? -interrogou o senhor Rato, aparecendo. -Foi o senhor Pato -disse o

Ver mais…


burro O Burro do Azeiteiro

Dois estudantes encontraram numa estrada um azeiteiro que levava pela rédea um burro carregado de bilhas de azeite. E repararam que o azeiteiro batia, sem dó nem piedade, com o chicote no pobre burro. Este, provavelmente porque já vinha de muito longe, ia cansado, subindo a encosta a custo e ao ritmo das chicotadas do dono. – Deve ser já muito velho, ou então,

Ver mais…


cao-com-um-osso-animais-caes-pintado-por-laila-1018985 O Cão e o Osso

Uma vez um cão roubou um osso a um carniceiro. Depois fugiu pela rua abaixo a toda a velocidade, atravessou a aldeia e as colinas, e foi ter a uma ponte de madeira sobre um regato. Parou em cima dela, ofegante, para olhar a água limpa e mansa. E deu um pulo de espanto. A olhar para ele, debaixo da água, estava outro cão.

Ver mais…