pecas de teatro textos comedia

Você está a ver contos e histórias , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa pecas de teatro textos comedia. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. fabulas infantil,conto infantil,historias infantil pequena,contos populares pequenos,histórias sobre o mar,historinhas curtas,historias infantis online,historias curtas para crianças,historinha infantil curta,historinhas infantil para imprimir



Alvin e os Esquilos 3

Alvin e os Esquilos 3 é um filme de comédia produzido pela 20th Century Fox e pela Recency Enterpriess. Sinopse do filme: De férias a bordo de um luxuoso cruzeiro Alvin, Simon, Theodore e as Esquiletes estão agindo, como de costume, transformando o navio em seu playground pessoal. Até que eles, um dia brincando, voam em uma pipa e ficam encalhados em uma ilha

Ver mais…


A Roupa do Rei

Era uma vez um tão vaidoso de sua pessoa que só faltava pisar por cima do povo. Certa vez procuram-no uns homens que eram tecelões maravilhosos e que fariam uma roupa encantada, a mais bonita e rara do mundo, mas que só podia ser enxergada por quem fosse filho legítimo. O rei achou muita graça na proposta e encomendou o traje, dando muito dinheiro

Ver mais…


duende mercearia O Duende da Mercearia

Era uma vez um estudante, um autêntico estudante; vivia num sótão e não possuía nada. E era uma vez um merceeiro, um autêntico merceeiro; vivia no rés-do-chão e era dono do prédio inteiro. E foi por isso que o duende decidiu morar com o merceeiro. Além disso, todos os Natais recebia uma tigela de papa de aveia com um grande pedaço de manteiga lá

Ver mais…


cerejeira da lua A Cerejeira da Lua

A Lua fita-nos quando a fitamos? Não. Nunca. Se a chamarmos deste canto da Terra, a Dama Toda Branca embuça-se de mistério e faz de conta que é a Bela Adormecida. Presunçosa. Como se toda a gente não soubesse que a Lua deixou de ser inacessível. Botas memoráveis pisaram-lhe a superfície desolada. Satélites zumbem à sua volta. Telescópios potentíssimos perscrutam-lhe todos os socalcos, rugas

Ver mais…


floresta encantada A Floresta Enfeitiçada

Era uma vez um Gnomo que vivia nas profundezas de uma Floresta encantada. A sua única companhia, para além das árvores e das flores que cobriam a sua casinha, era um Gato preto. Um dia, estava o Gnomo a cuidar das suas plantas, quando apareceu o Gato com um ar muito preocupado: – Gnomo, Gnomo, nem imaginas o que aconteceu! – Porque estás tão

Ver mais…


HeidiWeg1280x1024 Ajudando o Tio no campo

Ao acabar o meu tempo escolar, passei um balo ano, nas montanhas, a ajudar o meu tio a trabalhar na terra. O que eu gostava mais, era de ir buscar lenha com o avô. O estalido de um pinheiro a cair, ou o ruído dos troncos das Árvores no vale! Mas a lenha não era o único trabalho — longe disso. Eu tinha de

Ver mais…


desenho Meu cabelo é: CABELINDÃO

Cabelo é uma coisa engraçada Se você corta, ele cresce Se você clareia, ele escurece Se você escurece, ele embranquece E lá um belo dia, simplesmente desaparece Cabelo é uma coisa interessante É tanta coisa que se passa Shampoo, condicionante Laquet, anti-frizz E qualquer outra coisa Que agrade o nariz Cabelo é uma coisa colorida Vermelho, preto, dourado Castanho, branco, acinzentado E o mais

Ver mais…


a-alegoria-das-ferramentas As ferramentas

Numa carpintaria, realizou-se a reunião das ferramentas. O martelo queria ser o chefe de todas elas, mas os participantes disseram-lhe que não, pois fazia demasiado barulho e passava todo o tempo a bater. O martelo aceitou, mas exigiu que não fosse o parafuso, pois ele dava muitas voltas para conseguir algo. O parafuso concordou, mas por sua vez pediu que o chefe não fosse

Ver mais…


ac3b79264f63986ef1dbfb13068f231f As Estrelas do Mar

Um poeta foi para a praia à procura de inspiração para escrever um novo livro. Numa dessas caminhadas viu ao longe um jovem que se abaixava e apanhava alguma coisa na areia, que depois atirava ao mar. No dia seguinte, observou novamente o jovem a repetir a mesma cena. Apanhava algo que depois arremessava para a água do mar. Foi ter com ele e

Ver mais…


Maria papoila Maria Papoila

Nos campos sem fim semeados de trigo havia um casebre e nele morava Maria Papoila. Era uma boa moça, amiga de toda a gente, com duas rosetas na cara, vermelhas como duas papoilas. De manhã à noitinha trabalhava curvada para a terra, alegremente cantava e assim ia passando a sua vida sem história. Até que certo dia lhe bateu à porta um criado real.

Ver mais…