Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1291

piramide alimentar na educacao infantil

Você está a ver contos , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa piramide alimentar na educacao infantil. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



Desenho da Árvore com Maças


O Lince Ibérico e o Coelho

Num denso mato, uma imensa luz denunciava a presença de um vulto no fim da tarde. De rosto semelhante a um gato desfilava graciosamente um esbelto lince ibérico. Ao longe ressoavam as seis badaladas, agitando-se a voracidade eminente deste pequeno, grande gato vermelho, que agora se encontrava pronto a atacar a quem ousasse atravessar o seu caminho. Com as suas agulhas auditivas, aguardou de

Ver mais…


As Fadas

Era uma vez uma viúva que tinha duas filhas. A mais velha parecia-se tanto com ela, no humor e de rosto, que quem a via, olhava para a própria mãe. Mãe e filha eram tão desagradáveis e orgulhosas que ninguém as suportava. A filha mais nova, que era o retrato do pai, pela doçura e pela educação, era, ainda por cima, a mais linda

Ver mais…


O concurso

Uma vez, fez-se um concurso na escola infantil para ver quem era a criança mais carinhosa. Apresentaram-se muitas concorrentes. Uma delas, diante do júri, disse: — Eu ajudei um velhinho a atravessar a rua. Uma outra contou: Todos os dias, ao chegar da escola, dou um beijo à minha mãe. Uma outra relatou: — Um dia, o meu irmãozinho feriu-se e eu fiz-lhe o

Ver mais…


Uma Surpresa

Um dia, Ghandi, famoso indiano, viajava de comboio numa carruagem de terceira classe. Perto dele ia um rapaz com uma viola, que se ia entretendo a dedicar-lhe canções patrióticas indianas. De vez em quando, o jovem cuspia para o chão. Ghandi chamou-lhe delicadamente a atenção: — Não gosto que sujes o chão, pois o comboio é de todos nós. O jovem, porém, fez ouvidos

Ver mais…


A Sentença

Um criminoso foi levado à barra do tribunal e, depois de um prolongado julgamento, foi condenado a dez anos de prisão. Procurando manter-se calmo, ouviu de pé a proclamação da sentença. Depois de concluída, disse: — O Senhor doutor juiz dá-me licença para dizer uma palavra? O juiz, surpreendido, disse que sim. Então. O criminoso disse: — Perdoo ao senhor doutor juiz, porque fundamentou

Ver mais…


Diário: Uma nova amizade

Era uma vez, uma menina chamada Isa. Todos os dias, ao acordar ia à janela respirar ar puro, “nada melhor do que respirar numa manhã tão linda como esta” – dizia sorridente. – Isa! Vem tomar o pequeno-almoço!- dizia a mãe apressada,pois tinha de ir logo de manhãzinha à padaria, buscar pão quentinho e fresquinho. Quando a Isa, terminou o pequeno-almoço, foi buscar a

Ver mais…


Os Olhos

Uma jovem mãe, na cozinha, preparava o jantar com a mente totalmente concentrada no que estava a fazer: preparar as batatas fritas. Estava a trabalhar com afinco precisamente para preparar um prato que as crianças apreciam muito. As batatas fritas eram o prato preferido dos seus filhos. A criança mais pequena, de quatro anos, tinha tido um intenso dia na escola infantil e contava

Ver mais…


A lapa

Não vale de nada, bater à porta da casa da lapa. Ela comporta-se como se quisesse dizer: “Não estou em casa!” Não se consegue despegar a concha das rochas. Temos que esperar até que ela pense que nos fomos embora. Quando levanta um pouco a concha, para espreitar cá para fora, podemos meter rapidamente uma faca debaixo dela. Só assim conseguimos soltá-la. Mas estando

Ver mais…


A Bela e o Monstro

Era uma vez um príncipe egoísta que um dia não prestou ajuda a uma velhinha que a solicitou. Só que esta era uma bruxa e gritou uma maldição: – Julgas-me indefesa! Pela tua falta de piedade condeno-te a viver a partir de hoje como uma Besta. A transformação foi imediata! O destino da fera ficaria ligado ao de uma rosa encantada, que viveria até

Ver mais…