Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 992

Preguntas para como cuidar el agua

Está a visualizar Fábulas Infantis, Contos para dormir, e/ou outras publicações relacionadas com a sua pesquisa por Preguntas para como cuidar el agua. Descubra os textos mais populares escritos em português.





Outras Histórias Relacionadas:

A Esponja

No tempo em que até as coisas mais simples falavam, uma esponja e um seixo duro encontraram-se precisamente dentro de um balde de água. A esponja, porque é esponja, começou a beber, a beber cada vez mais água até ficar toda ensopada e cheia de água. Estava mesmo satisfeita. O seixo, que alguém colocara no fundo do balde, não se sabe bem porquê, mantinha-se
Ler mais »


O Cão e o Osso

Uma vez um cão roubou um osso a um carniceiro. Depois fugiu pela rua abaixo a toda a velocidade, atravessou a aldeia e as colinas, e foi ter a uma ponte de madeira sobre um regato. Parou em cima dela, ofegante, para olhar a água limpa e mansa. E deu um pulo de espanto. A olhar para ele, debaixo da água, estava outro cão.
Ler mais »


A inundação

Um rio ficou muito satisfeito quando viu as suas águas aumentarem, alagarem as plantações e invadirem as casas. Ele tornou-se o senhor poderoso e terrível daquele lugar. Era temido e respeitado por toda a gente. Considerava-se orgulhosamente o dono e senhor da cidade. Mas, um dia, a enchente acabou. A natureza ordenou que o rio voltasse imediatamente ao seu leito. Travou-se então no íntimo
Ler mais »


Os Frutos

Uma vez, uma mulher viu na floresta, junto a umas árvores, um pequenino lago ou espelho de água. Olhou para dentro e viu belos frutos maduros que pareciam dizer-lhe: «Tomai-me e comei-me!» Estendeu o braço e mergulhou a mão na água para os colher mas desapareceram. Depois a água voltava a ficar límpida e apareciam de novo os saborosos frutos. E a mulher foi
Ler mais »


As Duas Rãs

O Verão tinha sido tão quente naquele ano, que as lagoas e os ribeiros secaram todos. Tudo se mirrava esbraseado pelo sol e não havia humidade em parte alguma. Aflitas com a grande seca, não podendo viver assim, duas rãs decidiram ir à procura de qualquer sítio húmido ou de um charcozinho. E depois de muito andarem e de apanharem muito sol, deram com
Ler mais »


A escolha

Um homem sentia-se continuamente oprimido pelas dificuldades da vida. Foi lamentar-se com um mestre espiritual e disse-lhe: — Não posso mais! Esta vida é-me insuportável! O mestre pegou então numa mão-cheia de cinzas e deixou-as cair num copo de água límpida que tinha sobre a mesa, dizendo: — Estes são os teus sofrimentos. Toda a água ficou turva e suja. O mestre entornou-a. Em
Ler mais »


As Estrelas do Mar

Um poeta foi para a praia à procura de inspiração para escrever um novo livro. Numa dessas caminhadas viu ao longe um jovem que se abaixava e apanhava alguma coisa na areia, que depois atirava ao mar. No dia seguinte, observou novamente o jovem a repetir a mesma cena. Apanhava algo que depois arremessava para a água do mar. Foi ter com ele e
Ler mais »


O Burro Sabido

Era uma vez um burro preguiçoso. Um dia, o dono carregou-o com uns sacos de sal. Pesavam como chumbo. O burro gemia, vergado ao peso da carga. Ao atravessar lentamente um rio, sentiu que a carga estava a tornar-se cada vez mais leve. De facto, o sal começava a derreter-se e a carga ficava cada vez mais ligeira. Então, o burro preguiçoso ficou na
Ler mais »


Frei João Sem-Cuidados

O rei ouvia sempre falar em Frei João-Sem-Cuidados como um homem que não se afligia com coisa nenhuma deste mundo. E isso provocava-lhe uma certa inveja: – Deixa estar, que eu hei-de meter-te em trabalhos – pensou o Rei para consigo. Mandou-o chamar à sua presença e disse-lhe: – Vou perguntar-te três adivinhas e se dentro de três dias não me souberes responder, mando-te
Ler mais »


O banho do Pepi

A segunda-feira era o dia da lavagem da roupa em casa da senhora Becker. Ela acendia o fogão, fervia toda a roupa e enxaguava-a em água fria. Depois de o trabalho estar terminado, sobrava sempre uma tina cheia de água quente com sabão. Um dia, a senhora Becker pensou que era pena deitar fora toda aquela barrela preciosa. Aquela água quente podia ser utilizada
Ler mais »



~ Search results for "preguntas para como cuidar el agua" | Historias e Contos Infantis ~