quando surgiu a festa junina no brasil e a sua origem

Você está a ver contos e histórias , contos para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa quando surgiu a festa junina no brasil e a sua origem. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. historias infantis ilustradas pdf,desenhos para colorir de amor,história 3 porquinhos ilustrada,história infantil sobre cidade,desenhos para colorir de meninos,menino para colorir,historias para crianças para imprimir,desenhos de meninos,desenho menino,desenhos para colorir meninos



Desenho Menino no Campo


Sobre nós

A internet é um mundo gigantesco, e nem sempre é possível encontrar historias, actividades,  desenhos … para as crianças. Este site surgiu dessa necessidade feitos por amantes de histórias para crianças, e é totalmente dedicado aos mais novos. Aqui é fácil encontrar histórias, fábulas, lendas, contos, desenhos… e muito mais!!! E o melhor é que este site quer que participes, que nos ajudes a colorir

Ver mais…


lamb O Cordeirinho Branco

No bosque da nossa história correu, em certa altura, a notícia de que o Cordeirinho Branco ia dar uma festa a todos os seus amigos, os animaizinhos do lugar. -Só falta o Rato -disse o senhor Pato, quando iam em grupo para a casa do Cordeirinho Branco. -Quem é que perguntou por mim? -interrogou o senhor Rato, aparecendo. -Foi o senhor Pato -disse o

Ver mais…


A Roupa do Rei

Era uma vez um tão vaidoso de sua pessoa que só faltava pisar por cima do povo. Certa vez procuram-no uns homens que eram tecelões maravilhosos e que fariam uma roupa encantada, a mais bonita e rara do mundo, mas que só podia ser enxergada por quem fosse filho legítimo. O rei achou muita graça na proposta e encomendou o traje, dando muito dinheiro

Ver mais…


MARTELO2 O Julgamento

Depois de uma vida simples, uma mulher morreu e encontrou-se a fazer parte de uma fila enorme de pessoas que desejavam entrar no Paraíso. A medida que se aproximava da porta, ia ouvindo mais claramente as palavras do Senhor. A um disse: — Tu socorreste-me quando estava ferido na estrada e levaste-me ao hospital. Entra no Paraíso. Disse a outro. — Tu fizeste um

Ver mais…


O BANQUETE O Banquete

Um dia, uma mulher vestida de trapos velhos percorreu a cidade pedindo esmola. Não teve sorte. Uns diziam-lhe palavras ofensivas, outros davam-lhe um pedaço de pão duro, outros atiravam-lhe pedras. Apenas um casal pobre que habitava num casebre a convidou a entrar, a sentar-se à mesa, servindo-lhe uma sopa quente e mais alguma coisa. A mendiga comeu, despediu-se com um sorriso e partiu. No

Ver mais…


LL5-I011B O Sapateiro

Era uma vez, há muitos anos, um pobre sapateiro que tinha muitos filhos. Mas, no meio da sua pobreza, era alegre e feliz. Enquanto remendava os sapatos ou lhe punha as meias-solas, ia cantarolando. Naquele casa parece que era festa todos os dias. A sua esposa e os filhos sentiam-se felizes. Um dia, um vizinho rico, impressionado com a vida desse pobre sapateiro, pôs-lhe

Ver mais…


amigos Os Bons Amigos

Era uma vez um adolescente que, embora fosse muito estudioso, era gozado pelos seus companheiros. Chamavam-lhe nomes e chegavam a agredi-lo. Andava muito triste e até chegou a pensar no suicídio. Um dia em que foi insultado e estava no chão, com os óculos para um lado e os livros para o outro, apareceu um outro rapaz que lhe deu o que ele nesse

Ver mais…


images A Bilha de Leite

Há muitos anos, quando as pessoas simples iam vender os seus produtos às feiras e com o dinheiro comprar alguma coisa, lá ia uma jovem com uma bilha de leite à cabeça. Enquanto caminhava, fazia os seus cálculos: — Já sei o que irei fazer com o dinheiro que me derem por esta vasilha de leite. Com o dinheiro comprarei alguns ovos. Não serão

Ver mais…


Alice no país das maravilhas (3) Alice no País das Maravilhas

Alice era uma menina com muita imaginação. Uma manhã em que estava a estudar no campo com a professora…adormeceu! Ela tinha o hábito de fechar os olhos…assim podia deixar vaguear a imaginação, liberta do controle dos mais velhos. E deixou-se levar…! Acordou ao som de uma vozita! E viu um coelho muito estranho a correr. – Espera-me, senhor Coelho! – Gritou muito animada. E

Ver mais…