Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 419 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 1154

resumo sobre politicas de saude no brasil

Você está a ver contos e fábulas para meninos , contos e fábulas para meninos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa resumo sobre politicas de saude no brasil. Encontre as melhores soluções de histórias para ler.



Mundialito-de-Futebol-VRSA-2014 A nossa torcida

Vamos lá pessoal Pro Brasil vamos torcer Vamos logo minha gente Não vão se arrepender Tenho certeza disso O Brasil vai vencer Com a nossa torcida O Brasil se alegrará Torcida organizada O Brasil ganhará Vamos assistir a cena O Brasil vencerá. Vamos fazer a torcida O Brasil é campeão Vamos todos torcer Essa é a tradição O Brasil será hexa Com a taça

Ver mais…


tv-reporter-2 A entrevista

O sonho de um jovem jornalista era entrevistar Deus. Tinha 72 anos quando se encontrou diante dele, face a face. Deus perguntou-lhe: — Então desejas entrevistar-me? — Sim. se por acaso tem algum tempo disponível para este jornalista sonhador. Deus sorriu e disse: — O meu tempo chama-se eternidade. O que que queres saber? — Desejaria saber o que nos seres humanos vos causa

Ver mais…


761833799_302578 Nina e o laço

Um cadarço, duas pontas me embaraço, num enrosco meio frouxo, meio torto e num abraço… fez-se o laço! * sobre:aprendendo a amarrar o calçado.


RAPOSA-E-O-BODE A Raposa e o Bode

O capitão raposo Ia caminhando ao lado Do seu amigo bode, D’alta armação dotado. Este não via um palmo Diante do nariz; Era formado aquele Nas burlas mais subtis. Ungidos pela sede, Lograram penetrar Num poço, cujas águas Sorveram a fartar. Disse o raposo ao bode: “O que fazer agora? Beber não foi difícil; E sim vir para fora. As tuas mãos e pontas

Ver mais…


mascote-do-leo-do-jogador-de-tnis-31722154 A Boa Notícia

Um famoso jogador de ténis, depois de vencer uma partida e de receber o cheque, foi para os balneários. Pouco depois, saía em direcção ao seu carro quando foi abordado por uma jovem, que lhe disse: — O meu filhinho está a morrer. Não tenho dinheiro para pagar os remédios. Não me pode ajudar. O jogador, comovido com a sua história, passa-lhe um cheque,

Ver mais…


images Os pés sensíveis

No tempo em que todos andavam descalços, havia um chefe que tinha os pés sensíveis. Sofria muito quando tinha de caminhar sobre as pedras ou sobre o solo rochoso. Depois de ter pensado muito, tomou uma solene decisão. Chamou os seus guerreiros e disse-lhes: – Ide e parti para a caça. Deveis caçar todos os bisontes do país. Depois de os matarem, irei cobrir

Ver mais…


enfermeira-segurando-um-carater-vetor-de-raio-x_62-4939 Os raios Y

Um médico, tentando melhorar os aparelhos dos Raios X, descobriu, casualmente, os Raios Y. Enquanto os raios X permitem fazer a radiografia dos ossos, dos pulmões, dos rins e do fígado, os raios Y permitiam ver o amor ou egoísmo que existe no coração, a sinceridade ou a mentira que existe na língua, a ignorância ou a verdade que existe no cérebro, os bons

Ver mais…


70903_snezhinka_sneg_goluboe_beloe_1600x1200_(www.GdeFon.ru) O Floco De Neve

Uma vez, um pássaro perguntou a uma pomba amiga quanto pesava um floco de neve. A pomba respondeu: — Nada. Não pesa mesmo nada. Por que me perguntas isso? O pássaro respondeu-lhe: — É que ando a pensar no que vi há pouco tempo. A pomba perguntou: — Que foi? Foi então que o pássaro contou o seguinte: — Estava eu pousado num ramo

Ver mais…


semana32 O direito à vida

Numa Faculdade de Medicina, o professor propôs aos alunos a seguinte situação. — Baseados nas considerações que passo a enumerar, que conselhos dariam a uma senhora, grávida do quinto filho? O marido sofre de sífilis e ela de tuberculose. O seu primeiro filho nasceu cego. O segundo morreu. O terceiro nasceu surdo. O quarto é tuberculoso e ela está a pensar seriamente em abortar.

Ver mais…


A lamentação A Lamentação

Era uma vez um jovem que linha o costume de se lamentar. Dizia que Deus tinha dado aos seus vizinhos tantas riquezas e a ele nada tinha dado. A sua lamentação chegou a um sábio que lhe perguntou: — Tens mesmo a certeza de que és assim tão pobre como dizes? Será que Deus não te deu a força e a saúde? O jovem,

Ver mais…