tatuagens de borboletas no pulso

Você está a ver contos e fábulas para meninos , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa tatuagens de borboletas no pulso. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. Tubdy video da borboleta,fábula o LEBRE E ATARTARUGA PARA COLORIR,fábula O COELHO E A LEBRE,tubidy vitor e leo borboletas no jardim,como criar um monstro no The Sims 3,tubidy asas livres,Tubidy borboletad,tubidy asas livris 2014,tubidy legendas para fotos,tubidy mobi/imagems de borboletas



borboleta_color2 Manchita, a borboleta

Vou-vos falar de uma borboleta muito especial que se chamava Manchita. Ela era especial porque era diferente de todas as suas amigas borboletas! Certo dia, no país dos insetos, as borboletas pintoras estavam muito atarefadas a fazer as pinturas das asas daquelas que ainda iam nascer! Estavam tão atarefadas que nem deram pela chegada da Distraída, uma borboleta que se chamava assim porque se

Ver mais…


fada-mundial As Fadas Dos Sonhos

Coelhinho e Ratinho estão sentados no jardim de Coelhinho, debaixo de uma macieira. – Ouvi dizer que as fadas moram nos fundos dos jardins — disse Ratinho. E chamou em voz alta: – Fadas, onde estais? – O que é que as fadas farão durante o dia? — perguntou-se o Ratinho. – Acho que ajudam as flores dos jardins a crescer e tomam conta

Ver mais…


cartoon-bats-full-moon-15719545 Uma visita nocturna divertida

A mãe estava sozinha em casa, com as crianças, havia já alguns dias. Uma amiga veio visitá-la, durante esse tempo, a fim de descansar um pouco naquela bela região de ar puro. A amiga da mãe foi cedo para a cama; pouco depois da criançada. Finalmente, veio também a mãe, que se foi deitar, sem fazer barulho, numa cama perto da da amiga. Das

Ver mais…


coruja Joquinha e a Coruja Felizberta

No jardim da casa do menino Joquinha viviam borboletas,passarinhos,grilos,formigas, todos muito felizes! Ah!! E também, a coruja Felizberta!! Estava muito velhinha e já não brincava, mas nunca deixou de cantar. Ela morava na linda macieira do jardim. Que sorte ele tinha por viver rodeado de alegrias. Da janela do seu quarto avistou um chapéu azul com grandes abas a voar, e pensou: “A Gegoca

Ver mais…


16457018_anZR1 A vírgula

Era uma vez uma vírgula aborrecida com a pouca consideração em que toda a gente a tinha. Nem sequer as crianças das escolas lhe davam importância. Não gostava nada de ser apenas um pequeno sinal que se põe na escrita mas não se lê. Um dia, cansada desta falta de apreço, a vírgula decidiu revoltar-se. E fê-lo da seguinte maneira: O Presidente de uma

Ver mais…


céu estrelas A Estrelinha Sonhadora

Era uma vez uma estrelinha que gostava de viver na terra, porque já estava farta de estar no céu e só aparecer de noite. -Lua estou tão triste , eu quero ir para a terra, gostava de ser um menino para puder brincar. A lua respondeu, dizendo –lhe: -Eu não posso realizar o teu desejo. A estrelinha ainda mais triste: – Mas porque é

Ver mais…


images A Bilha de Leite

Há muitos anos, quando as pessoas simples iam vender os seus produtos às feiras e com o dinheiro comprar alguma coisa, lá ia uma jovem com uma bilha de leite à cabeça. Enquanto caminhava, fazia os seus cálculos: — Já sei o que irei fazer com o dinheiro que me derem por esta vasilha de leite. Com o dinheiro comprarei alguns ovos. Não serão

Ver mais…


palacio A Menina e o Bicho

Era uma vez um homem que tinha três filhas. Eram todas muito amigas dele, mas havia uma que ele estimava mais. Foi um dia à feira e perguntou às filhas o que é que elas queriam de lá. Uma delas disse: – Um chapéu e umas botas! A outra disse também: – Um vestido e um xaile! Mas a que ele estimava mais não

Ver mais…


quiterio Quitério Atrevido

O rapaz era esperto e atrevido. Quando, lá na aldeia, souberam que o rei vinha caçar àquela região, o rapaz decidiu: – Eu hei-de falar ao rei ou não me chame Quitério. E pôs-se a esperar pelo cortejo real, à beira da estrada. Mas o rei, que não era de pompas, apareceu a cavalo, sem escolta, vestido como qualquer um. Vendo o rapaz, que

Ver mais…


comadre morte Comadre Morte

Havia um homem que tinha tantos filhos, tantos que não havia ninguém na freguesia que não fosse compadre dele e vai a mulher teve mais um filho. Que havia do homem fazer? Foi por esses caminhos fora a ver se encontrava alguém que convidasse para compadre. Encontrou um pobrezito e perguntou-lhe se queria ser compadre dele. – Quero; mas tu sabes quem eu sou?

Ver mais…