Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/historia/public_html/wp-content/plugins/fast-wordpress-search/fwp-search.php on line 210 and defined in /home/historia/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 992

Textos o pequeno texto sobre as rocha

Está a visualizar Contos para dormir, Histórias para crianças, e/ou outras publicações relacionadas com a sua pesquisa por Textos o pequeno texto sobre as rocha. Descubra os textos mais populares ideais para filhos, pais e professores.






Os Frutos

Uma vez, uma mulher viu na floresta, junto a umas árvores, um pequenino lago ou espelho de água. Olhou para dentro e viu belos frutos maduros que pareciam dizer-lhe: «Tomai-me e comei-me!» Estendeu o braço e mergulhou a mão na água para os colher mas desapareceram. Depois a água voltava a ficar límpida e apareciam de novo os saborosos frutos. E a mulher foi
Ler mais »


O encontro

Um jovem desejava encontrar-se com Deus. Um dia, ouviu no seu íntimo um convite: — Vai ao entardecer ao alto da montanha e eu, Deus, aí estarei. Logo de manhã muito cedo, pôs-se a caminho pois o trajecto era longo. Ao passar por um vale. viu vários camponeses a apagar um fogo. Ao verem o jovem, suplicaram-lhe: — Vem ajudar-nos a apagar o incêndio.
Ler mais »


A lapa

Não vale de nada, bater à porta da casa da lapa. Ela comporta-se como se quisesse dizer: “Não estou em casa!” Não se consegue despegar a concha das rochas. Temos que esperar até que ela pense que nos fomos embora. Quando levanta um pouco a concha, para espreitar cá para fora, podemos meter rapidamente uma faca debaixo dela. Só assim conseguimos soltá-la. Mas estando
Ler mais »


Um Passarinho no muro

No pátio das traseiras da casa em que o Dani vivia com os pais, reinava grande actividade. Os pedreiros estavam a construir uma garagem. A mãe tinha prevenido o filho para que não empatasse os trabalhadores “Posso só olhar?” perguntou o Dani. “Sim, isso podes, mas de longe. Ainda és pequeno e podes incomodar os homens no seu trabalho.” O Dani observava com grande
Ler mais »


A areia

Dois amigos viajavam no deserto. Num determinado ponto da viagem, sentaram-se e um deles começou a discutir e deu uma bofetada ao companheiro. O outro, ofendido, sem nada dizer, escreveu na areia: «Hoje o meu melhor amigo bateu-me no rosto». Levantaram-se e continuaram a caminhada. Chegaram a um oásis e resolveram tomar banho. O que tinha sido esbofeteado começou a afogar-se, sendo salvo pelo
Ler mais »


A Janela e a Montanha

A janela abria para a frente, para fora, para o ar lavado da montanha. Quem dormisse naquele quarto, ao saltar da cama, de manhã, abria a janela de dois batentes como se estivesse a respirar fundo. Enchia os pulmões de ar e os olhos de claridade. Era o primeiro exercício de ginástica. Podia ficar por aqui, de cotovelos sobre o parapeito, a apreciar a
Ler mais »


A Raposa e o Bode

O capitão raposo Ia caminhando ao lado Do seu amigo bode, D’alta armação dotado. Este não via um palmo Diante do nariz; Era formado aquele Nas burlas mais subtis. Ungidos pela sede, Lograram penetrar Num poço, cujas águas Sorveram a fartar. Disse o raposo ao bode: “O que fazer agora? Beber não foi difícil; E sim vir para fora. As tuas mãos e pontas
Ler mais »


A vírgula

Era uma vez uma vírgula aborrecida com a pouca consideração em que toda a gente a tinha. Nem sequer as crianças das escolas lhe davam importância. Não gostava nada de ser apenas um pequeno sinal que se põe na escrita mas não se lê. Um dia, cansada desta falta de apreço, a vírgula decidiu revoltar-se. E fê-lo da seguinte maneira: O Presidente de uma
Ler mais »


Os pés sensíveis

No tempo em que todos andavam descalços, havia um chefe que tinha os pés sensíveis. Sofria muito quando tinha de caminhar sobre as pedras ou sobre o solo rochoso. Depois de ter pensado muito, tomou uma solene decisão. Chamou os seus guerreiros e disse-lhes: – Ide e parti para a caça. Deveis caçar todos os bisontes do país. Depois de os matarem, irei cobrir
Ler mais »


O Floco De Neve

Uma vez, um pássaro perguntou a uma pomba amiga quanto pesava um floco de neve. A pomba respondeu: — Nada. Não pesa mesmo nada. Por que me perguntas isso? O pássaro respondeu-lhe: — É que ando a pensar no que vi há pouco tempo. A pomba perguntou: — Que foi? Foi então que o pássaro contou o seguinte: — Estava eu pousado num ramo
Ler mais »



~ Search results for "textos o pequeno texto sobre as rocha" | Historias e Contos Infantis ~