um texto de feliz aniversario para minha melhor amiga

Você está a ver contos e histórias , contos e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa um texto de feliz aniversario para minha melhor amiga. Encontre as melhores soluções de histórias para ler. parabens para sobrinhas gemeas,mensagem de aniversario para pessoas falecida,dizeres de convite de bailarina,texto de aniversario para namorado tumblr,texto de aniversario para namoradobtumblr,mesas de aniversario de 18anos gitos,mensagem de aniversario para netos gemeos,legendas para aniversario de amigas,mensagem de aniversario para sobrinhas gemeas,Mensagem desejando feliz aniversario para ex namorado



ted_screenshot O presente do Valter

“Se eu tivesse dinheiro”, lamentava-se o pequeno Valter, de sete anos, com um suspiro profundo. “Amanhã e o aniversario da minha mãe, e não tenho dinheiro para lhe comprar um presente. O que é que lhe hei-de dar? Talvez o meu urso de peluche! Ê o meu brinquedo preferido. Certamente que a mãe gostaria dele. Hei-de dar-lho? É o que vou fazer.” Assim pensou

Ver mais…


1008534__girl-in-flower-field_p O campo das flores

Era uma vez, num campo de planície florido, florido, uma florzinha chamada: Mina. Mina era azul brilhante e vibrante, era uma rosa, era doce , como um docinho de coco, era amiga das flores, adorada por todos(as). Certo dia de Sol no campo , Mina acordou e foi cantarolar com os girassóis.E era assim: – Lá, lá , lá , lá… – Lá, lá

Ver mais…


Barbie para Colorir com uma Amiga e um Cachorro

Desenho para para imprimir e colorir da Barbie com uma Amiga e um Pequeno Cachorro.


garotas-brincando Diário: Uma nova amizade

Era uma vez, uma menina chamada Isa. Todos os dias, ao acordar ia à janela respirar ar puro, “nada melhor do que respirar numa manhã tão linda como esta” – dizia sorridente. – Isa! Vem tomar o pequeno-almoço!- dizia a mãe apressada,pois tinha de ir logo de manhãzinha à padaria, buscar pão quentinho e fresquinho. Quando a Isa, terminou o pequeno-almoço, foi buscar a

Ver mais…


RATINHO-DA-CIDADE-E-O-RATINHO-DO-CAMPO A Historia dos Primos Ratos

Era uma vez um rato que vivia no campo, onde era muito feliz. Tinha um primo rato que vivia na cidade, dentro dos esgotos. O rato do campo alimentava-se de frutas, raízes e sementes. O da cidade comia restos de comida que ia buscar aos caixotes do lixo. Um dia o rato da cidade foi ao campo visitar o primo, e ao despedir-se disse-lhe

Ver mais…


serpentinas O vendedor de sonhos

Era uma vez, numa terra colorida e feliz, um vendedor de sonhos que transportava o seu carrinho com sonhos lá dentro! Eu adorava a quinta-feira, era quando o vendedor de sonhos ia lá à minha rua para vender os seus sonhos. Quando acordava de manhã, ia logo lá para fora para ver se o via e a minha mãe dizia-me: _ Está muito frio,

Ver mais…


chapeu de palha Chapéu de Palha

Havia um chapéu de palha muito bonito, que era muito amigo do seu dono – o Teófilo. Num certo dia, lá por alturas da Primavera, Teófilo resolveu ir jogar à bola com os seus amigos, num terreno que havia lá no bairro, perto de sua casa. Teófilo vestiu o seu bonito equipamento de jogador de futebol, oferecido pela sua tia Elisa, no dia do

Ver mais…


A Lepra A Lepra

Carlos há algum tempo que via o aparecimento de estranhas manchas na pele. Decidiu então consultar o seu médico, que o mandou fazer análises. Levou-as ao médico, ansioso por saber os resultados. Apesar da sua ansiedade, pediu ao médico que lhe dissesse toda a verdade. O doutor explicou-lhe: — O senhor tem aquilo que já suspeitava. Está leproso. O homem segura as mãos do

Ver mais…


LL5-I011B O Sapateiro

Era uma vez, há muitos anos, um pobre sapateiro que tinha muitos filhos. Mas, no meio da sua pobreza, era alegre e feliz. Enquanto remendava os sapatos ou lhe punha as meias-solas, ia cantarolando. Naquele casa parece que era festa todos os dias. A sua esposa e os filhos sentiam-se felizes. Um dia, um vizinho rico, impressionado com a vida desse pobre sapateiro, pôs-lhe

Ver mais…


menina_flor A Menina e a Flor

Num belo prado verdejante, uma menina era transportada pelo reino da imaginação. Sonhava com a justiça, o amor, a fraternidade. Sonhava com uma utopia sagrada, que lhe enchia a sua pequenina alma, escondendo uma grandeza imensa, especialmente, para a idade que tinha. Num esplendoroso dia de primavera, o inesperado aconteceu: enquanto contemplava uma das suas predilectas lilases açucenas, deparou-se com um acontecimento fora do

Ver mais…