Histórias




Duas sementes estavam lado a lado, enterradas no solo de um terreno fértil.

Dizia a primeira:

— Eu quero crescer! Quero estender as minhas raízes para me manter de pé, e elevar os meus rebentos furando a negra terra até ver a luz do sol de Primavera. Quero depois elevar-me cada vez mais alta, desfraldando ao vento as folhas verdes e fazendo brotar as flores, que dão fruto.

E assim essa semente, decidida a crescer, cresceu sempre mais e mais, e deu muito fruto para alegria de toda a gente.

A segunda semente disse:

— Eu tenho medo de crescer. Para estender as minhas raízes e vencer a resistência do solo é preciso muito esforço.

Depois tenho medo que venham animais comer os meus rebentos e me matem. E, se chegar a ter flores, sempre virá alguma criança a apanhá-las e sem flores fico feia. Não. E muito esforço. Prefiro ficar aqui no quentinho, debaixo da terra.

Uma galinha, que andava a esgravatar no solo à procura de comida, descobriu a semente que se recusou a crescer e, num instante, comeu-a.

Arriscar é um verbo que toda a pessoa terá de saber conjugar em todos os tempos e modos. Há quem tenha medo e prefira ficar quieto, com medo do esforço. Mas são de louvar apenas os activos, sem medo de novos desafios.

semente3 - As sementes As sementes

Duas sementes estavam lado a lado, enterradas no solo de um terreno fértil. Dizia a primeira: — Eu quero crescer! Quero estender as minhas raízes para me manter de pé, e elevar os meus rebentos furando a negra terra até ver a luz do sol de Primavera. Quero depois elevar-me cada vez mais alta, desfraldando ao vento as folhas verdes e fazendo brotar as flores,

Ver mais…


comer bem - A Preguiçosa A Preguiçosa

Era uma vez uma rapariga muito preguiçosa que foi pedida em casamento. O pai da rapariga disse ao pretendente que sua filha não lhe serviria por ser muito desleixada e preguiçosa. – Deixe-a comigo, respondeu o mancebo, sem desanimar. E ao fim de pouco tempo casaram e foram viver para outra aldeia. Logo no dia seguinte ao casamento o marido foi trabalhar para o

Ver mais…


poor girl - O Menino Pobre O Menino Pobre

Era uma vez, há muitos anos, um menino muito pobre que frequentava a igreja, levando sempre uma roupa muito remendada e uns sapatos gastos. Certo dia, um homem sem fé, que o via passar todos os domingos diante de sua casa, quis brincar com ele. Quando regressava da igreja, perguntou-lhe: — Olha lá, menino, tu acreditas mesmo em Deus? A criança respondeu: — Sim,

Ver mais…


o burro sabido - O Burro Sabido O Burro Sabido

Era uma vez um burro preguiçoso. Um dia, o dono carregou-o com uns sacos de sal. Pesavam como chumbo. O burro gemia, vergado ao peso da carga. Ao atravessar lentamente um rio, sentiu que a carga estava a tornar-se cada vez mais leve. De facto, o sal começava a derreter-se e a carga ficava cada vez mais ligeira. Então, o burro preguiçoso ficou na

Ver mais…


rainbow feather wallpaper 1280x800 - As cores de Maria As cores de Maria

Conheci uma menina que tinha no nome uma cor: Rosa, mas não era apenas Rosa e um sobrenome, era Maria Rosa e um sobrenome que não me recordo agora, mas ela sempre dizia o nome completo. Aos seis aninhos, ela pulava, brincava e sorria o tempo todo, tipo comercial de gel dental, sabe? Faltava-lhe um dentinho, na arcada superior, mas pensa que ela ligava?

Ver mais…


escaravelho e aguia - A Águia e o Escaravelho A Águia e o Escaravelho

Uma lebre corria a não mais poder em direção à sua toca, fugindo à perseguição da águia. E em sua desabalada carreira, passou pela casa do escaravelho. Não era propriamente uma casa de segurança, mas, na falta de algo melhor, resolveu a fugitiva homiziar-se lá mesmo. Já se precipitava a águia sobre a frágil guarida, quando o escaravelho, com intenção de salvar a agora

Ver mais…


images - A Bilha de Leite A Bilha de Leite

Há muitos anos, quando as pessoas simples iam vender os seus produtos às feiras e com o dinheiro comprar alguma coisa, lá ia uma jovem com uma bilha de leite à cabeça. Enquanto caminhava, fazia os seus cálculos: — Já sei o que irei fazer com o dinheiro que me derem por esta vasilha de leite. Com o dinheiro comprarei alguns ovos. Não serão

Ver mais…


bianchinaerosetta1youpoorbearcometothefire4 - Rosa Branca e Rosa Rubra Rosa Branca e Rosa Rubra

Uma pobre viúva que vivia numa casa onde cresciam duas roseiras; uma dava rosas brancas e a outra rosas rubras. As suas duas filhas pareciam-se tanto com essas duas roseiras que lhes pôs o nome de Rosa Branca e Rosa Rubra. As duas gostavam muito uma da outra e iam sempre juntas para todo o lado. Um dia, ao entardecer, enquanto a mãe lia

Ver mais…


vara de bambu 1595508 - As Varas As Varas

Um homem, antes de partir para a guerra, chamou os seus filhos e disse-lhes: — Vou para o combate e tenho receio de encontrar a morte. Por isso, desejo despedir-me de todos e dar-vos o meu último conselho. Para isso, quero que cada um de vós vá buscar uma vara. Todos partiram e, passados alguns momentos, estavam de novo reunidos junto do pai. O

Ver mais…


garfield praia - A Paz Do Pescador A Paz Do Pescador

Um homem rico. numa manhã de sol, foi passear junto à praia. Viu um pescador que, depois de ter vendido todo o seu peixe, se recostou tranquilamente junto do seu barco. Calmamente, contemplava o mar e fumava o seu charuto. O rico aproximou-se dele e perguntou-lhe: — Por que não sais de novo a pescar? — Porque já pesquei hoje o suficiente. — Mas

Ver mais…