Tag Archives: Mãe




bb a bordo2 - Nina Nina

Nina é uma menina muito esperta. Adora brincar, estudar, e quando a sua mãe precisa de ajuda está sempre pronta. – Obrigada querida! Você é o meu docinho! –diz a mamãe, após Nina ter guardado todas as compras. Certo dia, sua mãe chegou a casa muito diferente. Alegre como nunca. Não conseguia parar de sorrir. – O que foi mamãe? – Tenho uma surpresa,

Ver mais…


ted screenshot - O presente do Valter O presente do Valter

“Se eu tivesse dinheiro”, lamentava-se o pequeno Valter, de sete anos, com um suspiro profundo. “Amanhã e o aniversario da minha mãe, e não tenho dinheiro para lhe comprar um presente. O que é que lhe hei-de dar? Talvez o meu urso de peluche! Ê o meu brinquedo preferido. Certamente que a mãe gostaria dele. Hei-de dar-lho? É o que vou fazer.” Assim pensou

Ver mais…


CI Ryan Snook Baseball through window s4x3 lg - O vidro partido O vidro partido

“Vamos brincar lá para baixo, para o pátio”, disse a Heidi à sua amiguinha Ivone. “Há lá espaço suficiente para podermos atirar com a bola para longe, e correr atrás dela”. A Ivone estava de acordo; por isso lá foram ambas pela escada abaixo, de mão dada. Era realmente um belo campo de jogos. A relva tinha sido cortada rente, e não havia pedras

Ver mais…


European honey bee extracts nectar - Se ao menos fizesses... Se ao menos fizesses…

“Ah, se o Willi ao menos fizesse o que eu lhe digo!” suspirou a mãe. Tinha-o avisado há pouco de que não arrancasse os legumes da horta; alguns ainda não estavam suficientemente maduros para serem utilizados. “Só poderás ajudar a apanhá-los, quando vier o tempo da colheita,” explicou ela ao rapazinho empreendedor. Durante alguns dias, o Willi pensou nas palavras da mãe. Então, certa

Ver mais…


seamless socks background 23436299 - Onde estava a meia perdida? Onde estava a meia perdida?

Eram sete e meia da manhã, quando a Joaninha abriu a porta da cozinha, onde a mãe preparava o pequeno-almoço. Trazia num pé uma meia branca e uma sandália. O outro pé estava descalço e ela vinha com a outra sandália na mão. “Mãe”, disse a Joaninha, “eu procurei por toda a parte, mas não consigo encontrar a outra meia.” “Não sei o que

Ver mais…


gata borralheira - A Gata Borralheira A Gata Borralheira

Há muito tempo, numa cidade longínqua, vivia um casal que só tinha uma filha, mas muito bonita e muito boa. Num inverno rigoroso a mãe morreu e, desde aquele dia, a vida da menina tornou-se muito triste; além disso, estava quase sempre sozinha, pois o pai era um comerciante rico muitas vezes ausente em viagem por países distantes. – Sei que estás muito desolada

Ver mais…


run - A promessa da Ilda A promessa da Ilda

A Ilda ficou toda orgulhosa quando a mãe lhe disse que ela devia olhar pela irmãzinha, enquanto a mãe ia visitar a senhora Lehner. “Toma muito cuidado, eu volto depressa”, pediu a mãe. “Sim, mamã”, acenou a Ilda enquanto a mãe se punha a caminho da casa de campo. Em breve virou a esquina e a Ilda deixou de a ver. A Ilda esteve

Ver mais…


ARS red onion1 - As cebolas invulgares As cebolas invulgares

O Alfredinho encontrou, no caminho, um cartuchinho de papel. Rapidamente, olhou à sua volta, para ver se vinha algum carro. Então dirigiu-se ao saquinho, agarrou nele, e voltou para a orla do prado. Ali, abriu o cartucho para ver o que continha. “Só cebolas!” exclamou decepcionado. “Duas cebolas castanhas. Vou levá-las à mãe. Talvez possa aproveitá-las para a sopa.” O Alfredo pós o pacote

Ver mais…


cartoon bats full moon 157195451 - Uma visita nocturna divertida Uma visita nocturna divertida

A mãe estava sozinha em casa, com as crianças, havia já alguns dias. Uma amiga veio visitá-la, durante esse tempo, a fim de descansar um pouco naquela bela região de ar puro. A amiga da mãe foi cedo para a cama; pouco depois da criançada. Finalmente, veio também a mãe, que se foi deitar, sem fazer barulho, numa cama perto da da amiga. Das

Ver mais…


IMG 0201jmc - A Trudi e o bolo de abóbora A Trudi e o bolo de abóbora

“Trudi, Trudi!” chamou a Dona Bela. “Sim, mãe, estou aqui”, soou a resposta vinda da sala de estar. “Trudi, esta noite ainda tenho de dar um salto a casa da senhora Hintermann. Ela ainda não se pode levantar. Vou levar-lhe uma sopa quente. Não te faz diferença ficares um bocadinho sozinha em casa, não é verdade? Não me vou demorar. “Claro que não, mãe,”

Ver mais…